Pastoral da Saúde organiza missa no Hospital Universitário da USP

Por
09 de janeiro de 2019

No dia 20 de dezembro, a Pastoral da Saúde da Região Episcopal Lapa organizou, no refeitório dos funcionários do Hospital Universitário da USP, na Cidade Universitária, na zona Oeste, uma missa presidida pelo Padre João Inácio Mildner, Assistente Eclesiástico da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de São Paulo e do Regional Sul 1 da CNBB. 

Além dos agentes da Pastoral na Região, que é coordenada por Izabel Guimarães, participaram o Superintendente do Hospital, Prof. Dr. Luiz Eugênio Garcez Leme, o Assistente Técnico de Direção, Prof. Dr. Dalton Luiz de Paula Ramos, médicos, funcionários, alunos e pacientes do Hospital. 

Durante a celebração, houve a participação do Coral Cristo Ressuscitado, da Paróquia Nossa Senhora dos Pobres, do Butantã, que existe há 17 anos e tem como regentes os professores de música Leo Camargos e Angela Salem. 

Padre João Inácio recordou que no dia de Natal não se deve ficar à espera apenas do Papai Noel, da troca de presentes, da tradicional ceia, mas, sobretudo, deve-se lembrar do nascimento de Jesus e da importância de sua vinda como Salvador de toda a humanidade. 

O Prof. Dr. Dalton Luiz enfatizou que o Hospital Universitário é público, e a Superintendência e a Pastoral da Saúde trazem sempre a Palavra e  a presença de Cristo aos enfermos e demais pessoas que estão na instituição, a fim de assisti-los social e espiritualmente.

 

LEIA TAMBÉM: Em mais um ano, chuvas alagam a Paróquia São José

Comente

USP terá curso gratuito e meninas podem se tornar cientistas

Por
13 de setembro de 2018

Meninas que sonham ser cientistas contam agora com o incentivo de um grupo de pesquisadoras e cientistas de São Paulo. Trata-se do projeto “Meninas com Ciência – 2ª edição SP: de mulheres cientistas para meninas que sonham”, que pretende levar meninas para a área científica.

“O objetivo é incentivar a inserção de mulheres nas ciências, humanizar a figura de uma cientista, destacar a importância das ciências na formação dessas meninas e para o desenvolvimento do País. Esperamos que, desde pequenas, elas tenham essa mensagem”, explicou a coordenadora do evento, Camila Negrão Signori, professora doutora da Universidade de São Paulo (USP) e atuante na área de Oceanografia Microbiana.

“O ‘Meninas com Ciências’ surgiu no Museu Nacional do Rio de Janeiro, voltado para Paleontologia e Geologia. Lá, elas já estão na quarta edição. No ano passado, foi realizada a primeira edição na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e eu fui uma das palestrantes convidadas. Assim, com amigas pesquisadoras, tivemos a ideia de trazer o projeto para a USP, na expectativa de expandir mais os temas científicos e ter uma procura grande dessas meninas”, contou a coordenadora do evento.

O curso é gratuito e começa no dia 27 de outubro. Serão apresentados conteúdos teóricos e práticos, lecionados por diferentes professoras e pesquisadoras, com os temas oceanografia, astronomia, neurociência, engenharia elétrica, farmacologia, educação, paleontologia, astrobiologia, microbiologia e zoologia. Serão cinco sábados de palestras e atividades práticas em laboratórios do Instituto Oceanográfico (IO-USP), das 9h às 17h.

“Participarão professoras e especialistas de diferentes áreas das ciências. O curso terá uma parte teórica numa linguagem mais acessível a essas meninas, e haverá a parte prática. Nós temos [na USP] uma infraestrutura de laboratórios e de espaço onde essa parte prática pode ser desenvolvida e mostrada para as meninas”, detalhou Camila.

As inscrições podem ser feitas até o dia 10 de outubro Meninas Com CIência. O curso é aberto a garotas que estejam matriculadas entre o 5º e o 9º ano do Ensino Fundamental, tanto em escolas da rede pública como da particular do Estado de São Paulo. De acordo com as organizadoras, as 50 vagas oferecidas serão divididas entre as participantes por meio de sorteio.

Fonte: Agência Brasil

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.