Diocese apoia programa contra tumor nos olhos

Por
04 de março de 2019

A cada ano, no mundo inteiro, são registrados 9 mil casos de retinoblastoma, uma espécie de tumor no olho. As crianças são especialmente afetadas e, enquanto nos países desenvolvidos 90% dos doentes são tratados e sobrevivem, nos países pobres, 70% deles morrem por falta de um diagnóstico precoce e do tratamento adequado.

Por isso, a Diocese de Ankole, em Uganda, em parceria com a organização CBM Italia Onlus, lançou um programa de prevenção e tratamento da doença no Hospital Ruharo.

“Em Uganda, nosso objetivo prioritário é reduzir a mortalidade das crianças com retinoblastoma, salvando-lhes a vista e a vida. Não é fácil. O tempo é essencial nesses casos para evitar que a doença progrida ulteriormente. Quando diagnosticada de maneira precoce e tratada de forma eficaz, a doença tem cura”, explicou o diretor da CBM Italia Onlus, Massimo Maggio.

Além das atividades pastorais e do culto divino, a Diocese de Ankole promove serviços sanitários, educativos e de assistência social aos habitantes de Mbarara, Ibanda, Isingiro e Ntungamo.

Fonte: Fides
 

LEIA TAMBÉM: ‘Encontrar o Senhor nas tarefas diárias’

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.