Dom Odilo: ‘Renovamos o nosso amor a Nossa Senhora Aparecida’

Por
07 de mai de 2019

Na segunda-feira, 6, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, que está participando da 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida, falou aos ouvintes da rádio 9 de Julho, durante o programa “Encontro com o Pastor”, que vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 12h.

ELEIÇÕES CNBB

Dom Odilo, recordou que houve reuniões entre os regionais da CNBB, que trataram de seus assuntos particulares e após foram discutidos alguns assuntos em plenário antes das eleições gerais da CNBB que tiveram início nesta segunda-feira e até sexta-feira, 10, vão eleger presidente, vice-presidente, segundo vice-presidente, secretário-geral, presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e seus representantes junto ao Conselho Episcopal Latino-americano (Celam).

“É um momento muito importante que os bispos refletem sobre a sua responsabilidade comum e também de carregar essa responsabilidade de coordenar, animar e sobretudo responder pelo conjunto através da CNBB”, disse Dom Odilo.

ROMARIA ARQUIDIOCESANA

O Arcebispo de São Paulo, agradeceu aos milhares de pessoas das Regiões Episcopais e Vicariatos da Arquidiocese de São Paulo que estivem presentes no último domingo, 5, na Romaria Arquidiocesana e proporcionaram um momento de uma alegria e ação de graças no Santuário Nacional de Aparecida.

“Renovamos o nosso amor a Nossa Senhora Aparecida e a nossa devoção a ela que está muito ligada a Aarquidiocese de São Paulo, desde o início da história. De 1745 até 1958, era a Arquidiocese de São Paulo responsável pelo Santuário Nacional de Aparecida e pela difusão da devoção a Nossa Senhora Aparecida”, lembrou o Cardeal Scherer.  

TODOS OS DETALHES DA ASSEMBLEIA

Diariamente, acompanhe os detalhes sobre a 57ª Assembleia Geral da CNBB no site do jornal O SÃO PAULO e nos noticiários da rádio 9 de Julho.

Comente

Tem novidade na rádio 9 de Julho: programa ‘Esporte 9’

Por
11 de janeiro de 2019

Corintianos, palmeirenses, são-paulinos e santistas estão unidos na mesma frequência desde a segunda-feira, 7. Em AM 1.600 kHz, no site da rádio e no facebook é apresentado, de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h, o programa “Esporte 9”, sob o comando do jornalista Alex Müller.

Com mais de 20 anos de carreira, Alex Müller tem passagens pelas principais rádios de São Paulo e por algumas emissoras de tevê, já tendo atuado como setorista de clubes, repórter de campo, apresentador de programas e locutor esportivo.

 

EQUIPE EXPERIENTE

Alex Müller chega à rádio 9 de Julho acompanhado por experientes repórteres que conhecem profundamente cada um dos quatro grandes clubes paulistas: Rodrigo Vessoni (Corinthians), Ademir Quintino (Santos), Eduardo Affonso (São Paulo) e Rodrigo Fragoso (Palmeiras).

“Para fazer um projeto novo dar certo no meio de tantos programas esportivos que já existem, eu primei pela capacidade de cada profissional que vai estar comigo. Assim, fiz questão de escolher as pessoas que tenho certeza de que cobrem esses clubes com mestria, com um grau de informação, de bastidores e de credibilidade sem qualquer tipo de contestação”, garantiu Müller em entrevista ao O SÃO PAULO.

O comandante do “Esporte 9” também garante que o ouvinte terá acesso a informações exclusivas dos clubes, a partir da prática do bom jornalismo.

“Esses repórteres têm um forte acesso aos bastidores, informações, conhecem o dia a dia de cada clube, o semblante das pessoas, são conhecidos pelas pessoas dos clubes. Então, tudo isso me leva a acreditar que mesmo existindo outros programas de esporte, esse será um programa diferente, em que eu quero dar informação e que ela repercuta. Também desejo resgatar o furo de reportagem, a notícia em primeira mão”, enfatizou.

 

NOS CLUBES, NO ESTÚDIO E COM OS OUVINTES

O “Esporte 9” está estruturado em três blocos, com aproximadamente 20 minutos de duração cada. Nos dois primeiros, os repórteres, por telefone, apresentam notícias atualizadas sobre o dia a dia dos clubes e, eventualmente, respondem a perguntas dos ouvintes enviadas pelo WhatsApp da rádio, por meio do número (11) 98371-9681.

Eu bato um papo com o repórter para tentar tirar dele mais coisas, tirar uma dúvida minha que pode ser a mesma do ouvinte. Aliás, o WhatsApp da rádio está sempre acionado para que, se surgir uma pergunta de algum torcedor, a gente, na medida do possível, transfira essa pergunta ao repórter, ou seja, o ouvinte também tem voz ativa para se manifestar. Quando é uma opinião, observação, uma pergunta pertinente, uma participação bacana que acrescente conteúdo à discussão, que tenha qualidade, eu coloco no ar”, detalhou o apresentador.

O último bloco do programa tem estrutura flexível, com entrevistas, memórias do esporte ou mais um giro de notícias pelos clubes, no caso de um dia com fatos muito importantes. “Usaremos este último bloco para contemplar aquilo que em cada dia vale mais a pena na nossa visão jornalística, conforme o que estamos colocando em prática no projeto”, explicou.

No programa de estreia, Alex Müller esteve acompanhado no estúdio por Dom Devair Araújo da Fonseca, Diretor da rádio, pelo repórter Rodrigo Vessoni e pelo jornalista Mauro Beting, amigo de longa data do apresentador.

 

UM MOMENTO ESPECIAL

Alex Müller estava fora do rádio havia três anos e se diz muito feliz com o retorno a esse meio de comunicação em uma emissora católica.

“É muito bom! É um desafio diferente e fico feliz por juntar duas coisas: trabalhar para sustentar minha família e fazer parte de uma engrenagem que também vai servir para ajudar a própria Igreja, pois com esse projeto na rádio 9 de Julho automaticamente virão patrocínios que beneficiarão também a emissora de alguma maneira”, comentou.

 E aos que se preocupam com o lado por vezes não tão comportado que envolve o futebol, Alex Müller manda um recado: “Eu sei o que se pode falar em uma rádio católica e o que não pode ser dito. O programa tem polêmica sobre o futebol, discussão de temas, mas não se vai falar palavrão, não se vai fazer piada maliciosa ou outras coisas que firam a real identidade da rádio. Como católico praticante, tenho consciência do que se pode ou não fazer. É evidente que haverá brincadeira, pois a alegria faz parte, o bom cristão busca sempre a alegria, o sorriso, a simpatia, se dar bem com as pessoas”.

 

INSPIRAÇÃO

Casado, pai de sete filhos (outros dois morreram durante a gestação), Alex Müller tem na família a força para esse projeto em sua vida. “Quem não valoriza a família é no mínimo infeliz, porque que tipo de base a pessoa vai ter sem a família por perto? Tudo que faço é pensando no crescimento e preservação da minha família, e, em cima disso, tenho também participação intensa em projetos da Igreja relacionados à família. Faço parte da comunidade Famílias Novas do Imaculado Coração de Maria, da qual participo desde a sua formação, em 2006, na qual se vive um carisma que se encaixa no nosso jeito de pensar, que é você lutar pela santidade da sua família, buscar formar uma igreja doméstica”, afirmou.

“Eu tenho fé de que o programa dará certo, porque confio nas pessoas, no projeto, na rádio e em Deus, que abriu essa porta para que a gente possa trabalhar e levar informação, lazer, entretenimento e distração às pessoas”, concluiu.

 

 

LEIA TAMBÉM: Na era digital, rádio 9 de julho completa 19 anos de reabertura

 

 

 

Comente

Rádio 9 de Julho comemora 18 anos de reabertura

Por
20 de outubro de 2017

Os 18 anos da reabertura da Rádio 9 de Julho serão comemorados no sábado, 21, a partir das 14h, no Mosteiro da Luz. Após 26 anos de fechamento, a emissora da Fundação Metropolitana Paulista voltou ao ar em 1999, após os esforços da Igreja de São Paulo e do povo que apoia este projeto de Comunicação a serviço do Evangelho.

O Cardeal Odilo Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, parabenizou os colaboradores, ouvintes e voluntários e reforçou a importância da comunicação para evangelizar: “Que nossa rádio católica, possa continuar a serviço da vida e da missão da Igreja, para comunicar a toda a cidade de São Paulo as mensagens do evangelho e da palavra de Deus para que nesta cidade todos possam ter vida, e vida em abundância.” afirmou Dom Odilo em entrevista à rádio na sexta-feira, 20.

Campanha ‘Família dos Amigos’ marca integração dos meios de comunicação da Arquidiocese

A Rádio soma-se aos demais meios de comunicação da Igreja com uma programação em que se equilibram o anúncio do Evangelho, a formação, a informação e o entretenimento.

As comemorações acontecem a partir das 14h, como blitz da saúde e barracas para alimentação. Às 16h acontecerá a missa em ação de graças, presidida por Dom Devair Araújo da Fonseca, Bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo e Vigário Episcopal para a Pastoral Comunicação.

 Após a celebração, haverá apresentações musicais, entre as atrações estará a Comunidade Anjos da Vida e Padre Juarez de Castro. O Mosteiro da Luz fica na Avenida Tiradentes, 676, próximo à estação do metrô Tiradentes.

Leia também:

 ‘Todos são chamados a refletir sobre a vida e a missão da igreja’

NA RÁDIO 9 DE JULHO

Acompanhe os boletins jornalísticos diários, às 11h e às14h.

Ouça em AM 1.600 kHz – em toda a Grande São Paulo

Acesse em: www.radio9dejulho.com.br

CLIQUE AQUI, BAIXE O APLICATIVO E OUÇA EM SEU CELULAR

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.