Comissão do 40º Prêmio Vladimir Herzog se reúne para escolher vencedores

Por
10 de outubro de 2018

Na quinta-feira, 11, a Comissão Organizadora do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos se reunirá em sessão pública para escolher as matérias vencedoras de sua 40ª edição. Assim como nos anos anteriores, o julgamento será realizado na Câmara Municipal de São Paulo. A lista dos finalistas foi divulgada, no dia 1º.

O propósito da premiação é reconhecer e homenagear, anualmente, jornalistas que, com seu trabalho, contribuem para a promoção dos direitos humanos e da democracia e se destacam na defesa desses valores fundamentais.

LISTA DOS FINALISTAS

A sessão está marcada para começar às 10h, na sala Tiradentes (8º andar), com transmissão ao vivo pela internet. Esta edição contou com 607 trabalhos inscritos e aceitos para análise do corpo de jurados nas categorias artes, fotografia, áudio, vídeo, texto e multimídia.

Tradicionalmente, o julgamento é dividido em duas fases: A primeira de seleção, que neste ano contou com a participação de 33 jurados, representantes de quase todos os estados do país. A segunda fase de premiação, formada por dirigentes das treze entidades organizadoras do prêmio, que avaliam os trabalhos finalistas e elegem os vencedores e as menções honrosas.

SOLENIDADE DE ENTREGA

A solenidade de entrega do Prêmio será no dia 25, quinta-feira, às 20h, no Tucarena, Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), localizado na Rua Monte Alegre, 1.024, no bairro de Perdizes, em São Paulo, precedida da Roda de Conversa com os jornalistas premiados para a troca de experiências acerca do planejamento e execução das matérias vencedoras.

O 40º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos é promovido e organizado pelas seguintes instituições: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ); Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI); Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil (UNIC Rio); Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP); Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom); Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Nacional); Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo, coletivo Periferia em Movimento, Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo e Instituto Vladimir Herzo.

 

(Com informações de Instituto Vladimir Herzog)

Comente

Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos abre inscrições

Por
03 de julho de 2018

Jornalistas, artistas do traço e repórteres fotográficos de todo o Brasil têm até o dia 23 de julho para inscrever suas produções e concorrer ao 40º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos.

Considerado entre as mais significativas distinções jornalísticas do país, o Prêmio Vladimir Herzog tem abrangência nacional e reconhece, ano a ano, trabalhos que valorizam a democracia e os direitos humanos. A iniciativa conta com o apoio do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

Para concorrer, os candidatos devem inscrever-se através do site www.premiovladimirherzog.org preenchendo a ficha cadastral e anexando sua obra publicada ou veiculada no período compreendido entre 1º de agosto de 2017 e 23 de julho de 2018, inclusive. Nesta edição, serão aceitas produções jornalísticas inscritas em SEIS categorias:

1) Arte – ilustrações, charges, cartuns, caricaturas e quadrinhos publicados em veículos impressos ou eletrônicos
2) Fotografia – Foto ou série fotográfica publicada em veículos impressos ou eletrônicos
3) Produção jornalística em texto – Reportagens em texto publicadas em veículos impressos ou eletrônicos
4) Produção jornalística em áudio – Reportagens ou documentários em áudio
5) Produção jornalística em vídeo – Reportagens ou documentários em vídeo
6) Produção jornalística em multimídia – Reportagens multimídia publicadas na internet

O 40º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos é promovido e organizado por uma comissão constituída pelas seguintes instituições: Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ; Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI; Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio; Coletivo Periferia em Movimento; Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP; Instituto Vladimir Herzog; Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Nacional, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo e Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom.

SERVIÇO

40º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos
Regulamento e inscrições: www.premiovladimirherzog.org
Período: 27 de junho a 23 de julho de 2018
Júri de 1ª etapa: 7 de agosto a 23 de setembro, via sistema

Júri de 2ª etapa e divulgação dos vencedores: 11 de outubro, quinta-feira, em sessão pública de julgamento na Câmara Municipal de São Paulo / Sala Oscar Pedroso Horta e transmissão ao vivo pela internet, das 10h às 14h, clicando aqui.

Roda de Conversa com os Ganhadores: 25 de outubro, quinta-feira, das 14h às 18h

Solenidade de premiação: 25 de outubro, quinta-feira, 20h
Local: TUCARENA – Rua Monte Alegre, 1024, Perdizes, São Paulo

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.