Cardeal Scherer preside ordenação presbiteral de monge

Por
22 de março de 2019

Pela imposição das mãos do Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, o Diácono Ronildo Vasconcelos de Oliveira, Dom Rafael, dos Monges Beneditinos Valombrosanos, foi ordenado sacerdote na noite da terça-feira, 19, em solene missa na  Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no Jardim Felicidade, Setor Pastoral Pirituba.

Entre os concelebrantes esteve o Superior do Mosteiro São João Gualberto, Padre Robson Medeiros Alves, OSB. A missa também teve a participação de familiares e amigos do monge.

Após a proclamação do Evangelho, seguiu-se o rito de ordenação presbiteral, com o  chamado e a apresentação do candidato ao sacerdócio; o propósito do eleito; a oração da Ladainha, entoada juntamente com a comunidade, momento em que o então diácono rezou prostrado no chão, como sinal de humildade e inteira entrega à ação de Deus; a imposição das mãos do Arcebispo, dos padres sobre o diácono, seguida da prece de ordenação; a entrega das vestes presbiterais - casula e estola - levadas por familiares; a unção das mãos do ordenando e a entrega do pão e do vinho.

Ao término do ritmo de ordenação, o novo padre foi saudado com uma salva de palmas pelos fiéis que lotaram a igreja.

São José: homem de virtudes

Na homilia o Cardeal Scherer refletiu sobre o Evangelho do dia (Mt 1,16.18-21,24a), dizendo que São José era justo, um homem de virtudes e de caráter, que praticou as virtudes teologais da fé, da esperança, e da caridade.

Dom Odilo ressaltou, ainda, que São José é verdadeiramente o pai da Sagrada Família, como é o Pai da Santa Igreja, assumindo com coragem a missão que Deus lhe confiou.

Gratidão

Antes da bênção final, o novo padre agradeceu ao Cardeal Scherer, ao Dom Robson, aos demais padres e diáconos, aos amigos, familiares e a toda comunidade pela presença, e pediu que todos rezem por ele.

Dom Rafael atua como orientador espiritual e coordenador pastoral do Colégio São João Gualberto, que pertence ao Mosteiro São João Gualberto. O sacerdote possui graduação em Filosofia e Pedagogia pelo Centro Universitário Claretiano, e bacharelado em Teologia pela Pontificia Studiorum Universitas Salesiana de Roma (Pio XI).

O Mosteiro São João Gualberto foi erigido canonicamente em 1967, muito embora a presença dos monges beneditinos valombrosanos data desde, aproximadamente, 1959.

Foi fundado por monges italianos vindos da milenar abadia toscana de Valombrosa, localizada nos bosques apeninos há mil metros de altura. Esta Abadia foi fundada pelo próprio São João Gualberto, por volta do ano 1000, mantendo-se até hoje como um foco de luz a irradiar vitalidade monástica na Itália, Brasil e Índia.

(Com informações do Mosteiro São João Gualberto)

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.