Documentário ‘Ilha das Flores’ é eleito como melhor curta-metragem brasileiro

Por
15 de mai de 2019

Um levantamento da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), que listou os cem melhores filmes de todos os tempos, elegeu o documentário “Ilha das Flores”, do diretor Jorge Furtado, como o melhor curta-metragem brasileiro da história.

A história, que narra a coleta de lixo de Porto Alegre (RS), é considerada uma espécie de denúncia ao sistema de descarte. Em 2019, o curta completa 30 anos do seu lançamento.

“Ilha das Flores” também já foi premiado como melhor curta, roteiro, edição e crítica no Festival de Gramado, em 1989, recebeu o prêmio Crítica e Público no Festival de Clermont-Ferrand, em 1991, o prêmio do público na competição "No Budget" no Festival de Hamburgo, em 1991, e o Urso de Prata no Festival de Berlim, em 1990.

Fonte: G1

 

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.