Dom Odilo: ‘Renovamos o nosso amor a Nossa Senhora Aparecida’

Por
07 de mai de 2019

Na segunda-feira, 6, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, que está participando da 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida, falou aos ouvintes da rádio 9 de Julho, durante o programa “Encontro com o Pastor”, que vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 12h.

ELEIÇÕES CNBB

Dom Odilo, recordou que houve reuniões entre os regionais da CNBB, que trataram de seus assuntos particulares e após foram discutidos alguns assuntos em plenário antes das eleições gerais da CNBB que tiveram início nesta segunda-feira e até sexta-feira, 10, vão eleger presidente, vice-presidente, segundo vice-presidente, secretário-geral, presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e seus representantes junto ao Conselho Episcopal Latino-americano (Celam).

“É um momento muito importante que os bispos refletem sobre a sua responsabilidade comum e também de carregar essa responsabilidade de coordenar, animar e sobretudo responder pelo conjunto através da CNBB”, disse Dom Odilo.

ROMARIA ARQUIDIOCESANA

O Arcebispo de São Paulo, agradeceu aos milhares de pessoas das Regiões Episcopais e Vicariatos da Arquidiocese de São Paulo que estivem presentes no último domingo, 5, na Romaria Arquidiocesana e proporcionaram um momento de uma alegria e ação de graças no Santuário Nacional de Aparecida.

“Renovamos o nosso amor a Nossa Senhora Aparecida e a nossa devoção a ela que está muito ligada a Aarquidiocese de São Paulo, desde o início da história. De 1745 até 1958, era a Arquidiocese de São Paulo responsável pelo Santuário Nacional de Aparecida e pela difusão da devoção a Nossa Senhora Aparecida”, lembrou o Cardeal Scherer.  

TODOS OS DETALHES DA ASSEMBLEIA

Diariamente, acompanhe os detalhes sobre a 57ª Assembleia Geral da CNBB no site do jornal O SÃO PAULO e nos noticiários da rádio 9 de Julho.

Comente

Regionais da CNBB terão encontro com o Papa em 2020

Por
03 de mai de 2019

No início da tarde desta sexta-feira, 3, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, falou aos ouvintes da rádio 9 de Julho, durante o programa “Encontro com o Pastor”, que vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 12h. Ele tratou sobre o terceiro dia da 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB), e falou também sobre o encontro dos regionais da Conferência Episcopal com o Papa Francisco, agendado para o próximo ano.

A assembleia segue até o dia 10. Neste terceiro dia, teve início com missa presidida por Bispo Emérito de Mogi das Cruzes (SP), Dom Paulo Antonino Mascarenhas Roxo, no Santuário Nacional de Aparecida. A celebração eucarística desta manhã recordou os Bispos Eméritos do Brasil. Dom Odilo explicou que são, aproximadamente, 50 bispos e que além da missa, houve um encontro particular com eles.

ENCONTRO COM O PAPA

Arcebispo de São Paulo contou que o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D´Aniello, anunciou que no próximo ano cada Regional da CNBB realizará visita ad limina ao Papa. Por isso, já nesta assembleia, terá início a elaboração do relatório que será entregue ao Pontífice.

No encontro com o Papa Francisco, que acontece a cada cinco anos, os regionais da CNBB apresentam a realidade pastoral, econômica e administrativa de cada diocese. Os responsáveis pelos regionais também visitam os túmulos dos apóstolos São Pedro e São Paulo, em Roma, e têm reuniões nos vários dicastérios da Santa Sé: “O Papa é o pastor universal da Igreja, que une todos os Bispos, dando diretrizes comuns sobre aquilo que é a vida da Igreja”, salientou o Cardeal.

CONCLUSÃO DAS NOVAS DIRETRIZES

Dom Odilo disse, ainda, que os bispos têm trabalhado para que as novas diretrizes sejam aprovadas até este sábado, 4. Dessa forma, já na segunda-feira, 6, terá início as votações para a eleição da nova presidência geral, das comissões e da nova secretaria para os próximos quatro anos de trabalho.

SÃO PAULO NO SANTUÁRIO NACIONAL

O Arcebispo Metropolitano convidou toda a Arquidiocese de São Paulo para a 118ª  Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida, que acontece no domingo, 5, afim de que, sob a intercessão da Padroeira do Brasil, a cidade de São Paulo seja testemunha dos sinais do Reino de Deus na metrópole.

A missa presidida por Dom Odilo e concelebrada pelos Bispos Auxiliares será às 10h: “Vamos colocar no colo de Nossa Senhora Aparecida a Arquidiocese de São Paulo”, concluiu.

TODOS OS DETALHES DA ASSEMBLEIA

Diariamente, acompanhe os detalhes sobre a 57ª Assembleia Geral da CNBB no site do jornal O SÃO PAULO e nos noticiários da rádio 9 de Julho.

 

Comente

Cardeal Scherer: ‘O nosso futuro é evangelizar as cidades’

Por
02 de mai de 2019

O segundo dia dos trabalhos da 57ª Assembleia Geral da CNBB teve início com missa presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D´Aniello, nesta quinta-feira, 2, na Brasília do Santuário Nacional de Aparecida.

Dom Giovanni acolheu os 14 bispos que foram nomeados pelo Papa Francisco para dioceses brasileiras entre abril de 2018 a abril deste ano. O Arcebispo Metropolitano de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, comentou sobre a nomeação dos bispos, durante o programa “Encontro com o Pastor”, da rádio 9 de Julho, que vai ao ar diariamente, de segunda-feira a sábado, às 12h.

O Cardeal explicou que a média de Bispos nomeados a cada ano, é de 12 a 14, e que em um período de dez anos, o número é de 150 novos prelados.

NOVAS DIRETRIZES

Dom Odilo salientou, ainda, sobre as primeiras reflexões deste segundo dia de encontro, que tem como proposta definir as novas diretrizes para a Igreja no Brasil e para as Comissões Episcopais para os próximos quatro anos. O Arcebispo considera como principal prioridade das novas diretrizes a atual realidade em que mais de 80% da população vive nas grandes cidades e do aumento da cultura urbana.

“É importante que nós nos ocupemos disso. O nosso futuro é evangelizar as cidades para que sejam um ambiente digno da vida, da fraternidade e da justiça”, reiterou o Cardeal, que também pediu orações para que os bispos tomem as melhores decisões ao longo da Assembleia.

Além disso, Dom Odilo enfatizou o trabalho de adequação do Missal Romano, Liturgia das Horas e textos litúrgicos, que estão sendo realizados e que são de responsabilidade dos Bispos, conforme pedido pela Santa Sé. Ele esclareceu que não se trata de mudanças, mas de uma maior aproximação na tradução da liturgia brasileira com a de Roma.

ROMARIA ARQUIDIOCESANA

O Arcebispo Metropolitano encerrou o programa convidando a Igreja em São Paulo para a 118ª Romaria Arquidiocesana à Aparecida. A missa presidida pelo Cardeal será às 10h, na Basílica do Santuário Nacional.

TODOS OS DETALHES DA ASSEMBLEIA

Diariamente, acompanhe os detalhes sobre a 57ª Assembleia Geral da CNBB no site do jornal O SÃO PAULO e nos noticiários da rádio 9 de Julho.

Comente

Dom Odilo Scherer comenta as discussões do sétimo dia da Assembleia

Por
17 de abril de 2018
Image result for dom odilo cnbbA 56ª Assembleia Geral da CNBB completou uma semana nesta terça-feira, 17, e os trabalhos foram abertos com a celebração eucarística no Santuário Nacional de Aparecida (SP), presidida pelo Arcebispo de Maceió (AL), Dom Antônio Muniz Fernandes, que fez memória aos 15 bispos falecidos desde a última assembleia em 2017.

No programa ‘Encontro com o Pastor’, que vai ao ar de segunda-feira à sábado, às 12h05 na Rádio 9 de Julho, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, destacou a seriedade com que o texto final da Assembleia Geral é trabalhado pelos bispos; e que o ano eleitoral é uma grande oportunidade para os católicos participarem com interesse e como verdadeiros cidadãos.
Segundo Dom Odilo, depois de muito refletir em plenário e ter sido preparado por uma comissão, realiza-se trabalho em grupo sobre o texto. Após, se volta ao plenário para pontuar observações, e, finalmente, se tem o texto elaborado que passa por votação, para que sejam feitas as emendas pelos bispos, que serão ou não aprovadas. Depois de aprovado, o texto da CNBB vai para Roma, para que a Congregação para o Clero aprove antes de sua publicação final.
 
O cardeal conclui afirmando que a CNBB divulgará uma palavra, que está sendo preparada pelos bispos, sobre o ano eleitoral e alertou sobre a grande oportunidade que os católicos terão de mostrarem interesse e serem verdadeiros cidadãos, buscando um país que seja melhor para todos.

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.