Arquidiocese reza pelo povo brasileiro, a paz e a justiça na pátria

Por
10 de setembro de 2018

Na manhã desta sexta-feira, 7, dia em que se comemora a Independência do Brasil, Dom Eduardo Vieira dos Santos, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Sé, presidiu missa na Catedral da Sé pela Pátria e o povo brasileiro, concelebrada pelo Padre Helmo Cesar Faccioli, Auxiliar do Cura da Catedral.

No começo da missa, Dom Eduardo destacou ser este um dia para pedir a Deus pelo Brasil, pelo povo brasileiro e pelos governantes, para que governem a nação com justiça e paz.

Grito dos Excluídos

Na homilia, o Bispo recordou a realização da 24a edição do Grito dos Excluídos, que acontece nesta sexta-feira em todo o Brasil, com o tema “Vida em primeiro lugar” e lema “Desigualdade gera violência: basta de privilégios!”.

Dom Eduardo lembrou que a iniciativa tem o envolvimento de pastorais e organismos da Igreja, e disse que a Igreja no Brasil convida que todos se manifestem pela liberdade, justiça e vida digna.

Em São Paulo, o Grito dos Excluídos teve início às 10h no Largo do São Francisco, com previsão de passagem pela Praça da Sé, Pateo do Collegio, Largo São Bento, Largo do Paissandu e término na Praça do Correio. Dom Eduardo convidou a todos para a participação no ato ao final da missa.

“Rezemos para que a Palavra de Deus nos oriente no caminho da Paz, justiça e fraternidade, e que pelo nosso trabalho e ação o Brasil seja um país melhor”, afirmou na homilia.

Compromisso contra desigualdades e privilégios

Dom Eduardo disse ser este um dia de rezar para que os governantes conduzam o País não por estruturas de privilégios e de injustiça, mas pela lei do amor e do zelo pelo bem comum. Ele exortou a todos que se questionem sobre o que têm feito para combater as injustiças e para deixar de lado privilégios.

O Bispo indicou, ainda, que para o cristão o que vale é a lei do amor, pela qual todos são convocados a promover a paz e a justiça em um país “cheio de desigualdades e privilégios, que dão margem à injustiça social, violência e falta de amor”, situações que, segundo o Bispo, não se manifestam apenas na violência física, mas também no desemprego e falta de moradia, saúde e educação.

Dom Eduardo falou também sobre a realização das eleições deste ano e da responsabilidade de cada brasileiro: “Neste ano eleitoral, que tenhamos o compromisso com aqueles que estão comprometidos com o bem da nossa nação. Cada um é chamado à responsabilidade”.

Após a comunhão, todos rezaram a oração pelos governantes, pedindo a Deus que exerçam suas tarefas com o espírito de serviço, voltando-se ao bem do povo e do país, como promotores da paz e do zelo pelos direitos de todas as pessoas.

 

LEIA TAMBÉM

MENSAGEM DA CNBB PELO DIA DA PÁTRIA

Comente

Veja o que abre e fecha no feriado de 7 de setembro

Por
06 de setembro de 2018

Alguns serviços municipais operam em esquema especial em função do feriado pela Independência do Brasil, na próxima sexta-feira, 7. O Rodízio Municipal de Veículos estará suspenso na sexta-feira (07), feriado, inclusive para veículos pesados (caminhões). Também estarão liberadas as demais restrições existentes na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF).

Na próxima sexta-feira, 7, os hospitais, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMA) 24 horas funcionarão o dia todo, ininterruptamente.

Os parques administrados pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) irão funcionar normalmente no feriado. A remoção de animais silvestres encontrados pela população pode ser feita pelo atendimento da Guarda Civil Ambiental, acionada pelo telefone 153.

Na segunda-feira, 9, as 24 unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) não funcionam. Nos mercados e sacolões municipais, na sexta-feira, 7, apenas os mercados da Lapa e de São Miguel estarão fechados.  O famoso Mercadão do Centro funcionará normalmente. O Mercado Municipal de Pinheiros, que opera das 8h às 18h, em dias normais, fechará às 15h. No caso do sacolão do Butantã, que em dias normais fica aberto das 7h às 19h, o atendimento será feito até as 13h30. Já a unidade do Rio Pequeno vai abrir das 7h às 14h. No fim de semana, todos os mercados e sacolões funcionarão no período normal.

Veja abaixo mais informações sobre os serviços municipais:

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Abertos

• Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (SAICAs)

• Centros de Acolhida (incluindo Atendes e CTAs)

• Central de Pronto Atendimento Social - CPAS – via 156

• Núcleos de Convivência para Adultos em Situação de Rua

Fechados

• Supervisões de Assistência Social (SAS)

• Centros de Referência de Assistência Social (CRAS)

• Centros POP

• Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)

· Núcleo de ProteçãoJurídica (NPJ)

• Rede Socioassistencial de Proteção Social Básica

• Rede Socioassistencial de Proteção Social de Média Complexidade

 

CENTROS ESPORTIVOS
Os Centros Esportivos funcionam normalmente.

 

CICLOFAIXAS

As ciclofaixas de lazer serão ativadas na sexta-feira (7) e no domingo (09), das 7h às 16h.

 

CULTURA

Arquivo Histórico Municipal – Estará aberto ao público na sexta-feira, 7, e no sábado, 8, das 10h às 17h
Beco do Pinto – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
Bibliotecas de Bairro – Fechadas na sexta-feira, 7.
Biblioteca Mário de Andrade – Aberta todos os dias das 8h às 20h
Bibliotecas Monteiro Lobato, Álvares de Azevedo, Cora Coralina, Pe. José de Anchieta, Raul Bopp, Viriato Correa e Paulo Setúbal – Fechadas apenas na sexta-feira (7)
Bosques de Leitura – Fechados apenas na sexta-feira, 7.
Capela do Morumbi – Aberta todos os dias, das 9h às 17h
Casa da Imagem (antiga Casa nº 1) –  Aberta todos os dias das 9h às 17h
Casa de Cultura Brasilândia – Fechada todos os dias
Casa de Cultura Butantã – Fechada todos os dias
Casa de Cultura Campo Limpo (Nathalia Rosemburg) – Fechada todos os dias
Casa de Cultura Ipiranga (Chico Science) – Aberta apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura Hip Hop Leste Cidade Tiradentes (Espaço Cultural Casa da Fazenda) – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura Hip Hop Sul (Cora Coralina) – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura do Itaim Paulista – Fechada apenas no domingo, 9.
Casa de Cultura de Santo Amaro (Manoel Cardoso de Mendonça) – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura Santo Amaro / Paço Cultural Julio Guerra (Casa Amarela) – Fechada para reforma
Casa de Cultura M’ Boi Mirim – Aberta todos os dias
Casa de Cultura Itaquera Raul Seixas (Parque Raul Seixas) – Aberta todos os dias
Casa de Cultura Freguesia do Ó (Salvador Ligabue) – Fechada todos os dias
Casa de Cultura Guaianases – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura de São Miguel Paulista (Antonio Marcos) – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura São Mateus – Fechada todos os dias
Casa de Cultura São Rafael – Fechada apenas na sexta-feira, 7.
Casa de Cultura do Tremembé – Fechada todos os dias
Casa de Cultura Vila Guilherme (Casarão) – Aberta todos os dias
Casa do Bandeirante – Aberta todos os dias das 9h às 17h
Casa do Grito – Aberta todos os dias, das 9h às 17h
Casa Modernista – Aberta todos os dias das 9h às 17h
Casa do Sertanista (Casa do Caxingui) – Aberta todos os dias das 9h às 17h
Casa do Tatuapé – Aberta todos os dias das 9h às 17h
Centro Cultural São Paulo – A Biblioteca Multimeios estará fechada todos os dias e a de Braile abrirá apenas no sábado, 8.
Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso – Aberto no sábado, 8, e no domingo, 9.
Centro Cultural da Penha – Aberto no sábado, 8, e no domingo, 9.
Centro Cultural da Vila Formosa – Aberto no sábado, 8, e no domingo, 9.
Centro Cultural do Grajaú (Palhaço Carequinha) – Fechado todos os dias
Centro Cultural do Jabaquara – Aberto todos os dias
Centro Cultural Olido – Aberto todos os dias
Centro Cultural Santo Amaro – Fechado apenas na sexta-feira, 7.
Centro Cultural Municipal Tendal da Lapa – Fechado apenas na sexta-feira, 7.
Centro de Formação de Cidade Tiradentes – Aberto todos os dias
Centro da Memória do Circo – Aberto todos os dias
Chácara Lane – Aberta todos os dias, das 9h às 17h
Escola Municipal de Bailado – Fechada todos os dias
Escola Municipal de Iniciação Artística – Fechada todos os dias
Escola Municipal de Música – Fechada todos os dias
Espaço Cultural Itaim – Aberto todos os dias

Fundação Teatro Municipal / Praça das Artes – Consulte a programação
Hemeroteca – Atendimento mediante agendamento
Monumento à Independência (Capela Imperial) – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
OCA (Pavilhão Lucas Nogueira Garcez) – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
Pavilhão das Culturas Brasileiras – Fechado para restauro
Polo Cultural e Criativo Vila Itororó – Fechado apenas no domingo, 9.
Ponto de Leitura Piqueri – Fechado apenas na sexta-feira, 7.
Sítio da Ressaca – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
Sítio Morrinhos – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
Solar da Marquesa de Santos – Aberto todos os dias, das 9h às 17h
Teatro Alfredo Mesquita – Aberto todos os dias
Teatro Arthur Azevedo – Aberto todos os dias
Teatro Cacilda Becker – Aberto todos os dias
Teatro Décio de Almeida Prado – Aberto todos os dias
Teatro Flávio Império – Aberto todos os dias
Teatro João Caetano – Aberto todos os dias
Teatro Paulo Eiró – Aberto todos os dias

 

DESCOMPLICA SP / FAB LABS / TELECENTROS

O Descomplica SP, implantado junto à Prefeitura Regional de São Miguel Paulista, a rede de 133 Telecentros e as 12 unidades dos laboratórios de fabricação digital Fab Lab Livre SP estarão fechados nesta sexta-feira, 7. A medida obedece ao estabelecido pelo Decreto Nº 58.085, publicado em 8 de fevereiro de 2018.

No sábado, 8, as 54 unidades do programa Telecentro irão funcionar normalmente, entre 9h e 13h. Os 12 laboratórios de fabricação digital Fab Lab Livre SP também funcionarão das 9h às 13h. As unidades instaladas no Centro Cultural da Juventude, Centro Cultural São Paulo e o Centro Cultural da Penha funcionarão das 10h às 14h. Confira os endereços

 

EDUCAÇÃO

As unidades educacionais permanecem fechadas durante o feriado pela Independência do Brasil (7 de setembro). Já os Centros Educacionais Unificados (CEUs) funcionam das 8h às 18h. Consulte a programação

 

ECOPONTOS
As unidades funcionam de segunda a sábado das 6h às 22h e aos domingos e feriados das 6h às 18h. Consulte as regras e endereços

 

HOSPITAIS VETERINÁRIOS
As unidades do Hospital Veterinário das zonas Leste e Norte estarão fechadas no dia 7, retomando o atendimento normal na segunda-feira, dia 10 de junho. Apenas para urgências, a unidade da zona Leste atenderá no sábado (8). Consulte os endereços das unidades

 

MERCADOS, FEIRAS E SACOLÕES

Na sexta-feira, 7, tanto os mercados e sacolões vão operar em horário diferenciado. As feiras -livres  funcionam, como habitualmente. 

Confira abaixo o horário de atendimento de todos mercados e sacolões municipais na sexta-feira, 7: 

 

Mercado

7 de setembro

Central Leste

Aberto das 7h às 13h

Guaianases

Aberto das 8h30 às 13h

Ipiranga

Aberto das 8h às 13h

Kinjo Yamato

Aberto das 3h às 15h

Lapa

Fechado

Paulistano

Aberto das 6h às 18h

Penha

Aberto das 8h às 13h

Pinheiros

Aberto das 8h às 15h

Pirituba

Aberto das 7h às 14h

Santo Amaro

Aberto das 8h às 13h

São Miguel

Fechado

Sapopemba

Aberto das 8h às 13h

Tucuruvi

Aberto das 8h às 13h

Vila Formosa

Aberto das 8h às 13h

Teotônio Vilela

Aberto das 7h às 13h

Pátio Pari

Aberto das 4h às 17h

 

Sacolão

7 de setembro

Avanhandava

Aberto das 7h às 17h

Bela Vista

Aberto das 7h às 14h

Brigadeiro

Aberto das 7h às 13h

Butantã

Aberto das 7h às 13h30

COHAB Adventista

Aberto das 8h às 14h

Cidade Tiradentes

Aberto das 8h às 15h

Estrada do Sabão

Aberto das 7h às 14h

City Jaraguá

Aberto das 8h às 14h

Jaguaré

Aberto das 7h às 13h

Jaraguá

Aberto das 7h às 14h

João Moura

Aberto das 7h às 13h

Lapa

Aberto das 8h às 13h

Piraporinha

Aberto das 7h às 14h

Rio Pequeno

Aberto das 7h às 14h

Santo Amaro

Aberto das 7h às 16h

São Miguel

Fechado

Freguesia do Ó

Aberto das 7h às 15h

 

PREFEITURAS REGIONAIS

As praças de atendimento das Prefeituras Regionais estarão fechadas.

 

SAÚDE
Durante o feriado de Independência do Brasil, na próxima sexta-feira, 7, os hospitais, Prontos-Socorros, Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Assistência Médica Ambulatorial (AMA) 24 horas e 12 horas funcionarão normalmente.

As UBS Integrais, AMA Especialidades e unidades da Rede Hora Certa fecharão na sexta-feira, 7, assim como os Ambulatórios de Especialidades e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

TRABALHO
Na sexta-feira, 7, as 24 unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo não abrirão no feriado. O funcionamento volta ao normal na segunda-feira, 10 de setembro. Lembrando que o CATe atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Confira os endereços das unidades.

 

TRÂNSITO
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implanta a Operação Estrada para o feriado da Independência do Brasil, entre os dias 06 e 10 de Setembro, com o objetivo de garantir a segurança, fluidez do tráfego e a mobilidade de motoristas e pedestres, em razão do aumento no fluxo de veículos, especialmente nos acessos às rodovias. Estima-se que aproximadamente 1,8 milhão de veículos deixem a capital em direção ao litoral e ao interior do Estado.

A CET recomenda aos motoristas com destino às rodovias que evitem utilizar o sistema viário principal das 12h às 22h, de quinta-feira, 6, e sexta-feira, 7, programando preferencialmente sua  viagem para depois das 22h. A orientação aos motoristas que utilizam as rodovias no entorno da capital, em especial os que conduzem veículos de carga, é evitar o acesso ao sistema viário da cidade.

A operação horário de Pico (Rodízio Municipal de Veículos) estará suspensa na sexta-feira, 7, feriado, inclusive para veículos pesados (caminhões). Também estarão liberadas as demais restrições existentes na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF).

 

Operação Estrada

A Operação Estrada, que visa o monitoramento da saída e do retorno à Capital, será realizada nos horários previstos com maior fluxo de veículos na região das principais estradas, sendo:

Operação saída: Quinta-feira, 6, no período da tarde e sexta-feira, 7, no período da manhã e tarde.

Operação retorno: Domingo, 9, no período da manhã e da tarde, e na segunda-feira, 10, no período da manhã.

A CET vai monitorar o trânsito especialmente nos acessos e chegadas das rodovias, com o objetivo de garantir a fluidez e a segurança de motoristas e pedestres.

Principais Pontos de Operação

- Marginal Tietê;

- Marginal Pinheiros;

- Avenida dos Bandeirantes;

- Avenida Presidente Tancredo Neves;

- Avenida das Juntas Provisórias;

- Rodovia Anchieta (Trecho urbano);

- Avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo;

- Avenida Salim Farah Maluf;

- Avenida Professor Abraão de Morais;

- Eixo Norte / Sul;

- Eixo Leste / Oeste;

- Avenida Professor Francisco Morato;

- Avenida Raimundo Pereira de Magalhães;

- Avenida Jacu-Pêssego;

Terminais Rodoviários

Os agentes e técnicos da CET também estarão monitorando e operacionalizando o trânsito no entorno dos terminais rodoviários do Tietê, da Barra Funda e do Jabaquara, para garantir maior fluidez do tráfego e acessibilidade aos usuários e passageiros.

Alternativas

Os motoristas oriundos da região Norte do País pelas rodovias Presidente Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna, com destino ao Sul; assim como aqueles provenientes da região Sul, pelas rodovias Régis Bittencourt, Raposo Tavares, Castelo Branco e sistema Anhanguera / Bandeirantes, poderão utilizar as Rodovias Dom Pedro I e Rodoanel Governador Mário Covas.  Os veículos oriundos do interior do Estado com destino ao Litoral Paulista através do sistema Anchieta/Imigrantes podem evitar a malha viária da Cidade, especialmente a Marginal Pinheiros e a Avenida dos Bandeirantes, fazendo uso do Rodoanel Governador Mário Covas.

 Recomendações:

· Observar as orientações da CET nos Painéis de Mensagem Variáveis;
· Utilizar o cinto de segurança, inclusive no banco traseiro; 
· Respeitar à preferência do pedestre; 
· Respeito ao ciclista; 
· Nunca fechar o cruzamento; 
· Manter distância do veículo à sua frente; 
· Não trafegar pelo acostamento;
· Não beber antes de dirigir; 
· Checar os equipamentos de segurança do veículo antes de iniciar a viagem. 
· Respeite os limites de velocidade.

VERDE E MEIO AMBIENTE

Os parques administrados pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA), irão funcionar normalmente no feriado, inclusive os planetários.

Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres

O Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres (CeMaCAS), no Parque Anhanguera, manterá o recebimento dos animais das 8h às 12h, com plantão telefônico das 8h às 17h. Já a Unidade de Fauna do Parque do Ibirapuera estará fechada.

A remoção de animais silvestres encontrados pela população pode ser feita pelo atendimento da Guarda Civil Ambiental, acionada pelo telefone 153.

Comente

Arquidiocese celebra missa pela pátria

Por
07 de setembro de 2017

Na manhã desta quinta-feira, 7, Dia da Independência do Brasil, Dom Devair Araújo da Fonseca, Bispo Auxiliar de São Paulo, presidiu a Missa pela Pátria na Catedral da Sé. Participaram da celebração membros das pastorais sociais da Arquidiocese, que nesta data também realizam o Grito dos Excluídos. Neste ano, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, propôs aos católicos de todo o Brasil uma jornada de oração pelo Brasil na Semana da Pátria, convidando os católicos a um dia de jejum e oração pelo país neste feriado.

Na homilia, Dom Devair destacou que a escuta da Palavra de Deus deve ser ocasião para louvor e para iluminar a realidade e a vida do povo de Deus. “Nosso povo está sofrendo com o desemprego e com as incertezas que diariamente são noticia. É verdade que também existem notícias de reação positiva da economia, e da diminuição do desemprego. Mas ainda estamos muito longe de ver restaurada a vida e a dignidade dos milhões de desempregados, pessoas que permanecem excluídas, e isso é um fato”, afirmou.

O Bispo lembrou, ainda, que a corrupção ocupa, cada vez mais, as manchetes e os debates públicos. “O mal da corrupção, que está alastrado e que impregnou as diferentes esferas da sociedade, não encontra espaço para conviver com a vida cristã”, salientou.

Diante desse cenário, Dom Devair enfatizou que tem crescido o desencanto das pessoas com as instituições e também com a política. “Infelizmente ganham espaço os projetos pessoais e as iniciativas ideológicas, que em nada ajudam os mais pobres e excluídos, mas favorecem interesses de alguns”.

“A fé exige discernimento, e a Igreja, atenta aos sinais dos tempos e cumprindo sua função de mãe e mestra, ensina que ‘A política é uma forma sublime de exercer a caridade’, como disse o Beato Paulo VI. Por isso é preciso separar aqueles que se acostumaram a fazer a política do interesse, daqueles que realmente se interessam pelos problemas sociais e por isso fazem política”, completou o Bispo.

Grito dos Excluídos

Após a celebração, os membros das pastorais sociais realizaram a manifestação do 23º Grito dos Excluídos iniciativa apoiada pela Conferência Nacional dos bispos do Brasil (CNBB), que, este ano, tem como lema “Por direitos e Democracia, a luta é todo dia” e tema “Vida em primeiro lugar”.

Em São Paulo, será dado destaque para as questões da violência contra a população em situação de rua e a realidade dos dependentes químicos na região conhecida como Cracolândia. Os participantes do ato realizaram uma caminhada da praça da Sé até a praça Princesa Isabel, onde atualmente se encontra a maior concentração de usuários de crack.  

Jornada de oração pelo Brasil

Para a realização da jornada de oração pelo país, a CNBB disponibilizou  um roteiro de preces para serem feitos pelas comunidades e famílias católicas nada data. Confira: 

“A paz é o nome de Deus” (Papa Francisco)

Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, pedindo a bênção da paz para o Brasil.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Para construirmos a justiça e a paz, em nosso país, necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Nós cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos agentes da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso filho Jesus está no meio de nós, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Neste ano em que celebramos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, queremos seguir o exemplo de Maria, permanecendo unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo.

Amém!

(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)

Comente

CNBB convida católicos para oração e jejum pelo Brasil

Por
05 de setembro de 2017

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convida os católicos das comunidades, paróquias, dioceses e regionais para a Jornada de Oração pelo Brasil, de 1º a 7 de setembro, e, no seu último dia, que marca a Independência do Brasil, convida a todos para um dia de oração e jejum.
Segundo Dom Leonardo Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília(DF) e Secretário-Geral da CNBB, a Jornada de Oração é uma oportunidade para que os cristãos e pessoas de boa vontade que querem um Brasil melhor, mais fraterno e não dividido se unam.
“Nós estamos necessitados de um novo Brasil, mais ético; de uma política mais transparente. Nós não podemoschegar a um impasse de acharmos que a política pode ser dispensada. A política é muito importante, mas do modo do comportamento de muitos políticos, ela está sendo muito rejeitada dentro do Brasil. Nós esperamos que esse dia de jejum e oração ajude a refletir essa questão em maior profundidade”, diz a carta do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) enviada aos bispos brasileiros.
O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, reforçou a motivação para o Dia de Oração e Jejum pelo Brasil na carta enviada aos padres, diáconos, religiosos e leigos da Arquidiocese, na segunda-feira, 28. Na carta, Dom Odilo também recorda a celebração do aniversário da dedicação da Catedral da Sé no dia 5 de setembro.
de São Paulo. Peço que se organizem Missas e turnos de oração e adoração, na intenção posta; diáconos, ministros extraordinários da sagrada comunhão e equipes litúrgicas poderão ajudar. Para as Missas, oriento que se tomem as indicações do Missal Romano para as celebrações ‘pelo bem público’. As leituras poderão ser escolhidas de acordo com a circunstância”, orientou Dom Odilo.
Segundo o Arcebispo, será uma maneira diferente de se comemorar o Dia da Independência do Brasil. “E não esqueçamos de pedir a intercessão e a proteção de Nossa Senhora Aparecida pelo Brasil”, acrescentou.

Comente

7 de setembro: Jornada de Oração pelo Brasil

Por
24 de agosto de 2017

A CNBB enviou no último dia 10 uma carta a todos os bispos convidando-os para a Jornada de Oração pelo Brasil. A iniciativa foi pensada durante a reunião do Conselho Episcopal Pastoral, realizada entre os dias 10 e 11.

A data sugerida para o Dia de Jejum e Oração pelo Brasil é 7 de setembro, quando se celebra a Independência do Brasil. O documento estimula a mobilização de paróquias, comunidades, dioceses e regionais para a Jornada de Oração pelo Brasil, entre os dias 1º e 7 de setembro.

O Secretário-Geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, ressaltou a relevância na realização da Jornada. Segundo ele, essa é uma oportunidade para que os cristãos reflitam sobre o atual momento político do País. As íntegras da carta e da oração enviadas aos bispos estão disponíveis no site da CNBB.

Fonte: CNBB

Veja a íntegra da oração

JORNADA DE ORAÇÃO PELO BRASIL

Semana da Pátria
1º a 07 de setembro de 2017
07 de setembro – dia da Pátria: Vida em primeiro lugar
“A paz é o nome de Deus” (Papa Francisco)

Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, pedindo a bênção da paz para o Brasil.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Para construirmos a justiça e a paz, em nosso país, necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Nós cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos agentes da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso filho Jesus está no meio de nós, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Neste ano em que celebramos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, queremos seguir o exemplo de Maria, permanecendo unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo.

Amém!
(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)

Comente

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.