INTERNACIONAL

RECÉM-ELEITO

Ricardo Dip é eleito presidente da União Internacional de Juristas Católicos

Por Redação
14 de novembro de 2018

Magistrado de carreira tem atuação no Tribunal de Justiça de São Paulo

 

Assessoria de Imprensa do TJ-SP

A União Internacional de Juristas Católicos, associação privada de direito pontifício, realizou entre os dias 7 e 9, na Universidade Anáhuac, na Cidade do México, o VI Congresso Mundial de Juristas Católicos.

Durante a atividade, foi eleito por unanimidade de votos o novo presidente da União Internacional, o Desembargador Ricardo Henry Marques Dip (foto), do Tribunal de Justiça de São Paulo, para o quadriênio de 2019 a 2022.

O Congresso Mundial de Juristas Católicos teve como tema principal “Transumanismo ou Pós-Humanidade?”, refletido por renomados conferencistas de diversos países da América e da Europa. 

Em desdobramento ao tema principal, também se falou sobre “a natureza humana e sua relevância prática”, “a progressiva destruição da natureza e a natureza humana”, “a autodeterminação e suas consequências”, “transumanismo e ideologia de gênero”, “as consequências sociais e políticas de uma sociedade com homens melhorados”, entre outras temáticas.

 

BIOGRAFIA

Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo desde janeiro de 2005, Ricardo Henry Marques Dip, 67, nasceu na Capital Paulista. Ele é Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1973), Bacharel em Jornalismo pela Faculdade de Jornalismo Cásper Líbero, de São Paulo (1972), Mestre em Função Social do Direito, pela Faculdade Autônoma de Direito (Fadisp –São Paulo – 2009). Ele ingressou na magistratura paulista em 1979. 

O Desembargador foi presidente da Turma Especial de Direito Público do Tribunal de Justiça paulista e secretáriogeral da Escola Paulista da Magistratura. Supervisor da Biblioteca da Corte e Coordenador da “Agenda dos 150 Anos”, foi convocado a colaborar na Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça. Presidiu, ainda, a Comissão do 185º Concurso de Ingresso na Magistratura do Estado de São Paulo. 

Também lecionou em instituições de Ensino Superior, como a Faculdade de Direito da Universidade Católica de São Paulo, a Faculdade de Jornalismo Cásper Líbero, a Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo e na pós-graduação da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Buenos Aires (1998-2006).

 

UNIÃO DE JURISTAS CATÓLICOS

A União Internacional de Juristas Católicos, criada em Paris em dezembro de 1986, procura promover a unidade de ação espiritual e de suas associações. A União foi convertida em uma associação privada internacional de fiéis de direito pontifício e tem sua sede social em Roma.

Pouco tempo após sua criação, a União Internacional de Juristas Católicos passou a realizar congressos mundiais. O primeiro aconteceu em Roma, em 1991. Na ocasião, a temática central do encontro foi “Direito natural e direitos do homem na aurora do século XXI”.

Após este primeiro congresso, houve dois mais: um em Lugano, na Suíça, e outro em Roma, na Itália.

(Com informações do Tribunal de Justiça  de São Paulo e da União Internacional de Juristas Católicos)
 

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.