SÃO PAULO

SÍNODO ARQUIDIOCESANO

‘Quem vai participar do sínodo?’

Por Redação
10 de agosto de 2017

Saiba quem é convocado ao sínodo

Divulgação

A convocação do sínodo depende do bispo diocesano, e está direcionada a toda aquela Igreja particular. É por esse motivo que todos são chamados a participar, cada qual à sua maneira. A participação do “povo de Deus” constitui uma das grandes riquezas do sínodo.

Porém, para alguns momentos dos trabalhos sinodais será preciso nomear membros ou eleger representantes. “Os ‘membros ou representantes’ são chamados a ‘prestar ajuda ao bispo diocesano’, formulando o seu parecer ou ‘voto’ acerca das questões por ele propostas; tal voto é chamado ‘consultivo’, para significar que o bispo é livre para acolher ou não as opiniões manifestadas pelos sinodais. Isso, contudo, não é o mesmo que dar-lhes pouca importância, como se se tratasse de mera consulta ‘externa’ e de opiniões expressas por quem não tem nenhuma responsabilidade pelo êxito final do sínodo: com suas experiências e seus conselhos, os ‘membros ou representantes’ colaboram ativamente na elaboração das declarações e dos decretos, que serão, justamente, chamados ‘sinodais’, e nos quais o governo episcopal da diocese deve inspirar-se para o futuro”. (Instrução sobre os Sínodos Diocesanos, 2).

Mas, como vai acontecer o sínodo?

Você tem dúvidas sobre o sínodo arquidiocesano?
Envie sua pergunta para osaopaulo@uol.com.br
 
Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.