INTERNACIONAL

Nicarágua

Padre é atacado com ácido durante Confissão

Por Filipe David
18 de dezembro de 2018

O Sacerdote sofreu queimaduras em seu rosto e braço, foi levado ao hospital e não corre maiores riscos

O Padre Mario Guevara foi ferido em um ataque com ácido sulfúrico enquanto ouvia Confissão, na Catedral de Manágua. Elis Leonidovna Gonn, 24, uma mulher de nacionalidade russa, foi identificada pela Polícia como a responsável pelo crime. O motivo do ataque ainda está sendo investigado. 

O Sacerdote sofreu queimaduras em seu rosto e braço, foi levado ao hospital e não corre maiores riscos. A mulher foi retida pelas pessoas que estavam na Catedral no momento do incidente, até a chegada da Polícia.

O ataque ocorreu dois dias após um homem, Ramon Mercedes Cabrera, ter publicado um vídeo com ameaças ao Cardeal Leopoldo Brenes e a “todos que sejam católicos”. No vídeo, Cabrera afirma ter o apoio da Frente Sandinista, o partido que está no poder, do presidente Daniel Ortega. Ortega acusou os bispos católicos de apoiarem um “golpe de Estado” contra o seu governo, e as relações entre a Igreja e o governo nicaraguense se deterioraram desde então. 

A atual crise no País e os confrontos entre as autoridades e a população já provocaram mais de 300 mortes, de acordo com grupos de defesa dos direitos humanos. A Igreja tentou mediar uma solução para a crise, mas Ortega recusa qualquer perspectiva de deixar o poder. 

Fontes: CNA/ Revista Confidencial
 
 

LEIA TAMBÉM: ‘Terão que me matar primeiro’

Tags: 
Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.