SÃO PAULO

Abas primárias

SÍNODO ARQUIDIOCESANO

‘O sínodo arquidiocesano vai dar trabalho, mas valerá a pena!’

Por Fernando Geronazzo
11 de outubro de 2017

Encontro de formação preparou animadores do sínodo arquidiocesano para atuação nas paróquias da Arquidiocese de São Paulo, no sábado, 7
 

Luciney Martins/O SÃO PAULO

A Arquidiocese de São Paulo promoveu no sábado, 7, no Centro de Pastoral São José, no Belém, zona Leste, mais um encontro de formação para os animadores paroquiais do sínodo arquidiocesano. O evento foi destinado àqueles que não puderam participar do encontro realizado no dia 16 de setembro. 

Os representantes de paróquias e agentes de pastorais tiveram acesso a informações preliminares do caminho sinodal e à metodologia da etapa do sínodo nas paróquias ao longo de 2018. Os temas foram apresentados pelo Padre José Arnaldo Juliano, Teólogo Perito do sínodo, e o Padre Jordélio Siles Ledo, membro da Comissão de Coordenação Geral do sínodo.

Leia mais sobre o Sínodo Arquidiocesano

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, também participou do evento e explicou aos animadores paroquiais que o sínodo será uma oportunidade de a Igreja em São Paulo fazer uma profunda reflexão sobre sua vida e missão. Para ele, a vida da Igreja se expressa por meio do testemunho, vivência pessoal e comunitária, mas também pelas suas ações litúrgicas, da caridade, e da ação dos católicos no mundo. 

Dom Odilo reafirmou o estado permanente de missão que os recentes documentos da Igreja reforçam. “Precisamos ser uma Igreja ‘em saída’, não esquecer que os horizontes da missão são muito amplos. Não podemos pensar que não seja mais tempo de missão. É sempre tempo de missão. Se a Igreja não é missionária não é a Igreja de Cristo”.  

Para motivar a reflexão sobre esse aspecto missionário, a Arquidiocese elaborou um folheto com o roteiro de celebrações e encontros a serem realizados nas paróquias na segunda quinzena de outubro, mês dedicado às missões. Esses encontros serão uma oportunidade de os animadores paroquiais multiplicarem a proposta do sínodo para mais pessoas. 

 

Grande ‘ver’ 

No dia 24 de fevereiro de 2018, haverá um grande momento celebrativo que marcará o início dos trabalhos do sínodo na base. Segundo o Arcebispo, cada a paróquia é convidada a realizar o grande “ver”, dar-se conta de sua vida e missão enquanto Igreja presente na base. Para isso, está sendo preparado um roteiro de reflexão e levantamento de dados e informações objetivas sobre a realidade paroquial. “Cada paróquia, naturalmente, vai ter muito trabalho. E para ajudar os padres a fazer esses trabalhos é que vocês estão aqui. Vocês irão ajudar a preparar mais animadores e a promoverem as ações do sínodo na base”. 

“O sínodo arquidiocesano vai dar trabalho, mas valerá a pena! Sem trabalho, ficaríamos onde estamos. O sínodo vai suscitar coisa nova, vai trazer novo ânimo, vai ajudar a Arquidiocese de São Paulo a dar um passo avante para que realizemos a vida e a missão da Igreja aqui nessa metrópole da melhor forma que pudermos. E o Espírito Santo é quem nos ajuda”, completou Dom Odilo.
 

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.