SÃO PAULO

Região Sé

‘O bom samaritano e a hospedaria’ é lançado em São Paulo

Por Região Sé
07 de dezembro de 2017

Aproximadamente 150 pessoas participaram do lançamento, realizado no próprio Arsenal da Esperança

José Luiz Altieri Campos

Aconteceu em 24 de novembro o lançamento o livro “O bom samaritano e a hospedaria”, escrito pelo Padre Simone Bernardi, colaborador na Paróquia Nossa Senhora de Casaluce. A obra traça um paralelo entre a parábola bíblica e o papel do Arsenal da Esperança em São Paulo, instituição que acolhe 1.200 pessoas em situação de rua todos os dias.

Mais que um estudo teológico, o livro é o testemunho do Padre Simone como missionário do Arsenal da Esperança. A partir do episódio em que um ex-acolhido muçulmano, Adama Konate, acompanha um homem ferido, vítima de assalto, até o Arsenal, o autor propõe que se revisite o sentido de um Evangelho vivo, traçando um paralelo entre a pará bola do bom samaritano e a obra do Arsenal. O texto se completa com o relato de fatos comoventes e o depoimento de várias pessoas que vivem a experiência da parábola nessa casa. 

Aproximadamente 150 pessoas participaram do lançamento, realizado no próprio Arsenal da Esperança, entre as quais o Professor Sergio Ribaric, um dos orientadores do trabalho que deu origem ao livro; a cantora Ziza Fernandes; os alunos da Oficina Viva; além do próprio Adama Konate.

“Estiveram lá as pessoas que fazem o Arsenal acontecer, entre tantas outras. Desde as crianças do curso de judô, amigos que atravessaram a cidade para estar lá, voluntários e funcionários, até as pessoas acolhidas pela casa”, mencionou Padre Simone. “Muitas pessoas, diferentes entre si, e que se prestam a serem parte dessa ‘hospedaria’ que já recebeu mais de 56 mil pessoas desde a sua fundação”, complementou. 

Padre Simone Bernardi ingressou como missionário do Sermig – Fraternidade da Esperança em 2001, em Turim, na Itália. Em 2005, veio para o Brasil participar da coordenação e execução das atividades do Arsenal da Esperança, onde vive atualmente. Graduado em Serviço Social pela Università degli Studi di Torino (2001), em Filosofia pela Unifai (2011) e em Teologia pela Faculdade de São Bento (2013), foi ordenado sacerdote em 2015, sendo um dos primeiros três padres do Arsenal.
 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.