INTERNACIONAL

Colômbia

Milhares vão às ruas para se manifestar a favor da vida

Por Gustavo Ramos
09 de mai de 2019

Um dos objetivos da marcha é pressionar a Suprema Corte da Colômbia para declarar nula a decisão de liberar o aborto em toda a gravidez

Unidos Por La vida

Em 4 de maio, milhares de colombianos foram às ruas de diversas cidades do País para se manifestar a favor da vida, sob o lema “Eu escolho as duas vidas”. O evento ocorreu em 60 cidades, entre elas Barranquilla, Bogotá, Medellín, Bucaramanga, Popayán, Cartegena, Villavicencio, Cali, Manizales e Pereira. Segundo os organizadores, aproximadamente 500 mil pessoas participaram.

Jesús Magaña, presidente do Unidos pela Vida, disse que a marcha “foi um sucesso total, porque, nas maiores cidades, as praças principais ficaram cheias e diferente políticos, candidatos e membros do Congresso participaram”.

Um dos objetivos da marcha foi pressionar a Suprema Corte do País para declarar nula a decisão de liberar o aborto em toda a gravidez. A Corte despenalizou o aborto em maio de 2006 em caso de estupro, má-formação e perigo para a vida da mãe. Em outubro de 2018, emitiu outra decisão que liberou o aborto em toda a gravidez.

A Conferência Episcopal da Colômbia publicou um comunicado para demonstrar apoio ao evento. Os bispos lembraram que toda vida é sagrada “desde seu início até seu término natural”, e que é ameaçada pelo aborto, eutanásia, assassinato, suicídio e violência.

“Convém, pois, que nos ponhamos na tarefa de defender a vida, o que implica acolhê-la, recebê-la como dom sagrado, oferecer-lhe todas as oportunidades para que cresça e se desenvolva dignamente, assumi-la pessoalmente com responsabilidade e nos comprometermos com um projeto de vida”, consta no comunicado.

 

LEIA TAMBÉM: Igreja é atacada por membros da Guarda Nacional Venezuelana

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.