NACIONAL

70 anos Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção

Memória, identidade e sabedoria

Por Fernando Geronazzo
14 de setembro de 2019

Dom Odilo fala em evento acadêmico pelo aniversário da Faculdade de Teologia da PUC-SP

Após a celebração de ação de graças, houve um ato acadêmico pelos 70 anos da Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção. Com o tema “Memória, identidade e sabedoria: 70 anos a serviço da Igreja e da sociedade”, a cerimônia abriu a série de atividades acadêmicas que marcam o aniversário da Instituição. 


O Cardeal Odilo Pedro Scherer afirmou que o evento é ocasião de fazer memória, ação de graças e de olhar para o futuro. Ele recordou que a Faculdade nasceu com o mesmo ideal da PUC-SP, de formar líderes da Igreja, sacerdotes, religiosos, que possam ajudar a Igreja a cumprir o seu papel de edificação da sociedade, no respeito, na justiça, na solidariedade e na superação das ideologias que prejudicam as relações humanas. 

OLHAR PARA FRENTE
“A minha palavra para a nossa Faculdade de Teologia neste momento é ter os pés firmes dentro da sua base histórica, o olhar para o que está ao nosso redor, na vida da sociedade, mas, sobretudo, na vida da Igreja”, afirmou o Arcebispo. 


Dom Odilo convidou, ainda, os professores, alunos e colaboradores da Instituição a olhar para frente e refletir sobre “qual é a missão que a Igreja coloca em nossas mãos para ajudá-la a realizar a sua missão neste tempo, que nos chama a uma conversão missionária, que saia de uma pastoral de mera conservação e manutenção, a estar em saída, em estado permanente de missão”. 


O Cardeal também fez esse apelo no contexto do sínodo arquidiocesano de São Paulo, que tem o propósito de conclamar a todos para um caminho de comunhão, conversão e renovação missionária da Igreja na cidade. 

SERVIÇO PELA PALAVRA
A reitora da PUC-SP, Maria Amalia Pie Abib Andery, ressaltou a contribuição da Faculdade com a missão de transformar a sociedade tendo “a palavra” como principal instrumento. “A Faculdade de Teologia, por sua constituição, por seu compromisso com a formação de sacerdotes e daqueles que levam a palavra da Igreja é o exemplo de que a palavra é serviço ao outro”.

 
Padre Boris Agustin Nef Ulloa, Diretor da Faculdade de Teologia, afirmou que, no seu longo percurso histórico, a Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção viveu plenamente o mergulho na Sagrada Escritura, na Tradição e no Magistério. “Os resultados são evidentes: fidelidade a Deus e à Igreja”. 


Ainda segundo o Diretor, graças à Constituição Apostólica Veritatis Gaudium, do Papa Francisco, sobre as universidades e faculdades eclesiásticas, a instituição recebeu novas diretrizes e “um novo impulso para, por meio da ciência teológica, promover e estimular uma Igreja em saída, em permanente estado de missão, em um diálogo sem reservas, franco e aberto com a sociedade contemporânea”. (FG)

LEIA TAMBÉM: Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção comemora 70 anos


(Colaboraram: Flávio Rogério Lopes e Jenniffer Silva)

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.