NACIONAL

Pelo Brasil

Leigos da América Latina participam de congresso continental em SP

Por Daniel Gomes e Jenniffer Silva
08 de novembro de 2018

Provenientes de 10 países, 150 pessoas reuniram-se no Congresso Continental de Leigos e Leigas

Carol Franco/Assessoria de Imprensa da CNLB

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB e o Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) realizaram entre os dias 1º e 4, no centro de formação Mariápolis Ginetta, em Vargem Grande Paulista (SP), o Congresso Continental de Leigos e Leigas.

Aproximadamente 150 pessoas, vindas da Colômbia, Venezuela, México, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Peru, Argentina, Equador e Brasil, aprofundaram estudos sobre a carta do Papa Francisco ao Cardeal Marc Ouellet, Presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina, a atividade pública dos leigos e leigas, a nova hora do laicato e os compromissos da Igreja na sociedade

Dom Anuar Batisti, Arcebispo de Maringá (PR) e Presidente do Departamento das Vocações e Magistérios do Celam, afirmou que o congresso continental foi feito a partir dos pré- -congressos regionais e que, no Brasil, ele acontece no contexto da realização do Ano Nacional do Laicato.

No decorrer dos dias, várias foram as palestras sobre a contextualização histórica, apresentando a conjuntura atual do Brasil, além dos aspectos sociais e políticos. “O Papa nos convida a uma comunicação profunda. Nesta realidade complexa que estamos vivendo, não somente no Brasil, mas em outros países, devemos aprofundar os espaços de reflexão, que possam tratar as diferenças com respeito e não com violência”, explicou a professora e doutora Moema Miranda.

Os participantes foram divididos em grupos e o resultado dos trabalhos apresentados no último dia do congresso, quando também houve a missa de envio, presidida por Dom Severino Clasen, Bispo de Caçador (SC) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato.

“Foi uma grande riqueza participar do congresso, ver a realidade de todo mundo e, de coração, confio que será um caminho muito fecundo”, disse Padre Alexandre Mello, Secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

(Colaborou: Carol Franco)
 

LEIA TAMBÉM: IV Seminário de Patrimônio Sacro trata sobre a Igreja em São Paulo

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.