INTERNACIONAL

Abas primárias

Estados Unidos

Iowa proíbe aborto após 6ª semana de gravidez

Por Filipe David
15 de mai de 2018

Antes de realizar um aborto, será obrigatório fazer um ultrassom e verificar se o bebê já tem um batimento cardíaco

Reprodução da Internet

O estado norte-americano de Iowa aprovou uma nova lei que proíbe o aborto após a detecção do batimento cardíaco do bebê. Antes de realizar um aborto, será obrigatório fazer um ultrassom e verificar se o bebê já tem um batimento cardíaco, o que normalmente ocorre por volta da 6ª semana de gravidez.

Com a nova lei, assinada pelo governador republicano Kim Reynolds na sexta-feira, 4, Iowa se tornou o Estado com a legislação mais restritiva contra o aborto nos Estados Unidos, embora ainda estejam previstas exceções para os casos de estupro, má formação e risco para a mãe. É possível, no entanto, que a nova lei seja contestada na Suprema Corte norte-americana.

Dom Walker Nickless, Bispo de Sioux City, em Iowa, elogiou a nova lei, dizendo que ela “afirma uma intenção pró-vida”, e que ele deseja fazer tudo o que puder para apoiá-la.

Fonte: CNA 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.