SÃO PAULO

Região Brasilândia

Fiéis festejam a canonização de Dom Oscar Romero

Por Marcos Rubens, Lucas Andrade, Márcia Micha, Priscila Silveira Rocha e Antonio Dominici Filho
19 de outubro de 2018

Comunidade Dom Oscar Romero, reuniu fiéis na missa presidida por Dom Devair Araújo da Fonseca, no domingo, dia 14
 

Arquivo pessoal

A noite do domingo, 14, foi de festa para os fiéis da Comunidade Dom Oscar Romero, da Paróquia Cristo Rei, no Setor Pastoral Perus. A missa presidida por Dom Devair Araújo da Fonseca, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Brasilândia, e concelebrada pelos Padres Rafael Vicente, Vigário Paroquial, e Adriano Robson, foi em ação de graças pela canonização de Dom Oscar Romero, realizada naquele dia pelo Papa Francisco, no Vaticano. Na ocasião, o Pontífice canonizou outros seis beatos, entre os quais o Papa Paulo VI (leia mais na página 8). 

As comemorações pela canonização do Padroeiro da Comunidade foram iniciadas com um tríduo, em março, e em outubro aconteceu a novena, tudo isso em meio às obras de recuperação do telhado da Comunidade, destruído após uma forte chuva. Também foi acolhida a Cruz Peregrina da Jornada Mundial da Juventude, que tem sido levada a paróquias do Setor Perus. 

Dom Devair, na homilia, lembrou que os cristãos devem se orientar pela Palavra de Deus e buscar uma riqueza que não é material, mas espiritual, de santas virtudes. Lembrou, ainda, que a pobreza não se resume a um aspecto puramente econômico e social, e que se deve considerar que a pobreza maior é a de fé e de virtudes. 

Padre Rafael, em entrevista, lembrou que a comunidade historicamente tem tradição de rezar nas casas e nos grupos de rua, além de uma forte ligação com a vida social e política, por suas origens de uma comunidade eclesial de base (CEB). Ele afirmou que, mesmo antes da beatificação de Dom Oscar Romero, em 2015, sempre houve grande devoção ao Arcebispo de San Salvador, assassinado em 1980. “Com o anúncio da canonização, essa devoção continuou aumentando. O povo tem uma fé muito simples, mas muito rica. De dois anos para cá, nós começamos uma meditação na Comunidade no viés da espiritualidade de Dom Oscar Romero, sobre o que o motivou a ser um bom cristão e um ótimo bispo, fato que o levou para o martírio também”, afirmou. 

A Comunidade Dom Oscar Romero está localizada na rua Igaporã, 15, no Jardim Canaã -Morro Doce. As missas semanais acontecem sempre aos domingos, às 18h.

(Colaborou: Daniel Gomes)
 

LEIA TAMBÉM: Na Vila Zatt, devotos rendem graças à Padroeira do Brasil 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.