INTERNACIONAL

Espanha

‘Encontrar o Senhor nas tarefas diárias’

Por Filipe David
04 de março de 2019

Frei Ignacio Esparza comenta sobre o dia a dia da sua vida monástica

Reprodução da internet

Frei Ignacio Esparza tem 24 anos e entrou há pouco tempo no mosteiro beneditino de Leyre, em Navarra, após ter completado os seus estudos universitários. O que é mais difícil na vida monástica, segundo o que o jovem explicou em tom de brincadeira, é “acordar tão cedo todos os dias” e “que todos os dias sejam iguais”. A principal vantagem dessa vida é que “todo o exterior se apaga e permite que a pessoa vá ao essencial, para se centrar no Senhor”.

Questionado sobre como mudar o mundo quando se está fora dele, o Frei responde com sabedoria: “Não se muda o mundo, mas apenas as coisas, pequenas ou grandes, que o formam”. A principal arma do monge é a oração, “que tem efeitos que mal podemos imaginar”, assegurou. Frei Ignacio também explicou que “a coisa mais bonita desta vida é que nas tarefas diárias, que são tão prosaicas, quanto estar na cozinha, passando roupa ou esfregando o chão”, podemos “encontrar o Senhor”.

Fonte: ACI/ Arguments
 
 

LEIA TAMBÉM: Diocese apoia programa contra tumor nos olhos

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.