SÃO PAULO

IGREJA DE SÂO PAULO

Em missão, seminaristas são enviados a diferentes realidades da cidade

Por Flavio Rogério Lopes
04 de julho de 2019

Em missa na Solenidade de São Pedro e São Paulo, Dom Odilo envia seminaristas em missão

Os seminaristas da Arquidiocese de São Paulo foram enviados no domingo, 30 de junho, pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, para a Missão de Férias. Até o próximo dia 7, os seminaristas estarão espalhados pelas seis regiões episcopais e também atuarão nas pastorais do Menor, Carcerária e do Povo da Rua, para uma intensa vivência missionária.  
“Estamos enviando os seminaristas para participar de nossa Semana Missionária da Arquidiocese de São Paulo, para uma experiência que estamos realizando há vários anos e que se mostra bonita e frutuosa também para a formação dos futuros sacerdotes. Peço a todos a constante oração, apoio e incentivo aos seminaristas, para que eles possam realizar bem a sua formação e a sua missão”, disse Dom Odilo, na bênção de envio aos seminaristas. 

ESPÍRITO MISSIONÁRIO 
Uma das metas da Missão de Férias dos seminaristas é despertar nas paróquias e outras estruturas da Arquidiocese um espírito missionário capaz de impulsionar a ação evangelizadora e missionária da Igreja na metrópole e propiciar aos futuros sacerdotes uma experiência de pastoral urbana missionária, para prepará-los à evangelização na cidade.
No total, divididos em grupos, 52 seminaristas das casas de formação da Teologia, Filosofia e Propedêutico estarão em missão nas Paróquias São José (Região Lapa), Santo Antônio (Região Ipiranga), Nossa Senhora das Dores (Região Santana), Imaculada Conceição (Região Belém), Cristo Rei (Região Brasilândia) e Nossa Senhora dos Remédios (Região Sé), escolhidas para a Missão de Férias este ano.  
Ao longo da semana, os seminaristas, acompanhados de agentes pastorais, vão participar de ações de evangelização e conhecer as chamadas realidades de fronteira, como a dos cárceres, com a Pastoral Carcerária; dos projetos sociais assistidos pela Pastoral do Menor; e das principais dificuldades dos que vivem nas ruas, com a Pastoral do Povo da Rua.    

ESPíRiTO EVANGÉLICO 
Os missionários são chamados a escutar, com atenção e espírito evangélico, o que as pessoas visitadas falam. Também devem se informar sobre as atividades da paróquia, conversar sobre a realidade de cada família e os desafios do bairro e motivar a oração e a reflexão da Palavra de Deus.
Pessoas doentes, desempregadas, vítimas de violência, solitárias e marginalizadas receberão atenção especial dos seminaristas, assim como aquelas que estão afastadas do convívio da comunidade de fé. 
Periodicamente, após cada dia de visita, os seminaristas avaliam as atividades realizadas, refletem sobre as realidades encontradas e a maneira como a Igreja pode se fazer mais presente aos moradores de cada bairro. A Missão de Férias dos seminaristas será concluída na manhã da segunda-feira, 8, no Seminário de Teologia Bom Pastor, com um encontro avaliativo sobre todas as atividades realizadas e a celebração de missa, com a presença do Cardeal Odilo Scherer.

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.