SÃO PAULO

REGIÃO SANTANA

Dom Sergio de Deus: ‘A Ressurreição foi como que uma explosão de luz e de amor’

Por Redação
26 de abril de 2019

O Bispo lembrou que a Ressurreição de Jesus chega ao cristão, sobretudo, por meio do sacramento do Batismo

José Henrique Monfre

“A Ressurreição foi como que uma explosão de luz, uma explosão do amor, que desfez o nó até então indissolúvel entre ‘morre e transforma-se’. A Ressurreição de Jesus inaugurou uma nova dimensão do ser, da vida, na qual, de modo transformado, se integrou também a matéria, e, através da qual, surge um mundo novo”.

Assim Dom Sergio de Deus Borges, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo na Região Santana, iniciou a homilia da Vigília Pascal na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Setor Pastoral Medeiros, durante a qual batizou alguns adultos.

Dom Sergio também disse que pelo Batismo todos alcançam a vida nova apresentada na Ressurreição de Cristo. “A grande explosão da Ressurreição atingiu-nos no Batismo para nos atrair. Desse modo, ficamos associados a uma nova dimensão da vida, na qual nos encontramos já de algum modo inseridos, no meio das tribulações do nosso tempo. Viver a própria vida como um contínuo entrar neste espaço aberto: tal é o significado do ser batizado, do ser cristão”, disse.

O Bispo exortou todos a se apoiarem mutuamente e a, também, agarrem-se a Cristo. “Agarramo-nos à sua mão, e assim seguramos também as mãos uns dos outros, tornamo-nos um único sujeito, não apenas um só. Eu, mas já não eu: tal é a fórmula da existência cristã fundada no Batismo, a fórmula da Ressurreição dentro do tempo presente”. Também afirmou que o Ressuscitado segura as mãos dos falecidos: “Para eles o tempo da prova terminou, cedendo o lugar ao tempo da recompensa”.

Dom Sérgio recordou que ao encontrar o sepulcro vazio, Maria de Magdala, Joana e Maria de Tiago fizeram ecoar pela primeira vez a palavra “Ressuscitou!” Refletiu, também, sobre como esse anúncio deve transformar a vida de todos os cristãos: “Mas, como se verifica isto? Como pode este acontecimento chegar efetivamente até mim e atrair a minha vida para si e para o alto?”. É pelo próprio Batismo que se alcança as mudanças manifestadas pela Salvação da humanidade por meio da Ressurreição de Jesus Cristo”.

Sobre o sentido da Vigília Pascal, o Bispo afirmou: “A Ressurreição não passou, a ressurreição alcançou-nos e agarrou-nos. A ela, isto é, ao Senhor ressuscitado, agarramo-nos, sabendo que Ele nos segura firmemente, mesmo quando as nossas mãos se debilitam”.

(Colaborou: Padre Salvador Armas)

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.