INTERNACIONAL

Paraguai

Dom Odilo participa de encontro sobre católicos com responsabilidades políticas

Por Daniel Gomes
09 de abril de 2019

Atividade começa nesta quarta-feira, 10, com a proposta de amplo diálogo entre bispos e leigos com atuação política na América do SulAtividade começa nesta quarta-feira, 10, com a proposta de amplo diálogo entre bispos e leigos com atuação política na América do Sul

A cidade de Assunção, no Paraguai, sedia até sexta-feira, 12, o “Encontro de católicos com responsabilidades políticas a serviço dos povos latino-americanos”. Esse momento de diálogo entre políticos, bispos e cardeais engajados no âmbito da ação de políticas públicas no Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.

A iniciativa é do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) e da Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL) e dá sequência às reflexões do encontro do Celam realizado em Bogotá, na Colômbia, em dezembro de 2017, que buscou renovar a consciência sobre a importância da presença e contribuição de discípulos e missionários da vida pública”. Também responde a um chamado do Papa Francisco ao laicato católico para que tome parte ativa na vida e nos destinos de seus países e povos.

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, participa do evento que tem como objetivo de propiciar o compartilhamento de experiências, testemunhos e reflexões sobre a ação dos leigos católicos que assumem responsabilidades públicas a serviço dos povos latino-americanos, ao mesmo tempo que estes se colocaram em atitude de escuta e diálogo com os bispos e cardeais.

Nesse sentido, acontecerão dois painéis significativos: um sobre “O que dizem os políticos aos pastores?”, e outro sobre “O que dizem os pastores aos políticos?”.

Nos três dias de evento, os participantes irão refletir sobre a realidade democrática dos países do Cone Sul, as prioridades e desafios para uma política democrática segundo o magistério do Papa Francisco e do Episcopado Latino-Americano, e a regeneração da vida política, a partir da contribuição da Igreja, do diálogo, do pluralismo político e da Doutrina Social da Igreja.

A expectativa dos organizadores é que no encontro sejam tratados pontos fundamentais como: os desafios da identidade, unidade e integração latino-americanas; custo de vida; Matrimônio e família; importância da educação; crescimento econômico com justiça e igualdade; inclusão dos setores marginalizados e “descartados”; políticas para o pleno emprego; reabilitação da dignidade da política e da promoção de participação popular; cuidado da casa comum em sua ecologia natural e humana; combate contra o narcotráfico, corrupção e violências; construção da paz e das convergências nacionais e populares em favor do bem comum.

 

Entre os expositores do encontro estão o Cardeal Rubén Salasar Gómez, Arcebispo de Bogotá e Presidente do Celam; o Cardeal Marc Ouellet, Presidente da Comissão Pontifícia para a América Latina; o professor Rodrigo Guerra, membro do Dicastério da Santa Sé para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral; e o senhor José Antonio Rosas, Diretor da Academia de Formação de Líderes Católicos.

Na quinta-feira, 11, os participantes irão peregrinar ao Santuário Nacional de Caacupé, onde serão recebidos por Dom Ricardo Valenzuela Rios.  

 (Com informações da Conferência Episcopal Paraguaia)
 

LEIA TAMBÉM: Cardeal Scherer abre etapa regional do sínodo arquidiocesano

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.