SÃO PAULO

Regional Sul 1

Dom José Roberto toma posse como Bispo diocesano de Limeira

Por Redação
20 de janeiro de 2020

Nomeado para o novo ofício pelo Papa Francisco em 20 de novembro de 2019, ele exercia o ofício de Bispo Auxiliar de São Paulo desde 2014

No sábado, 18, Dom José Roberto Fortes Palau tomou posse como 6º Bispo da Diocese de Limeira (SP). A celebração aconteceu na Catedral de Nossa Senhora das Dores.

Nomeado para Limeira pelo Papa Francisco em 20 de novembro de 2019, Dom José Roberto exercia o ofício de Bispo Auxiliar de São Paulo desde 2014.

Dom José Roberto entrou na catedral acompanhado dos bispos e membros do colégio de consultores da Diocese. Entre os bispos estavam o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo; Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida (SP) e, até então, Administrador Apostólico de Limeira; e Dom João Inácio Müller, Arcebispo de Campinas (SP).

Também concelebraram diversos bispos do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padres da diocese e da Arquidiocese de São Paulo, especialmente da Região Episcopal Ipiranga, onde Dom José Roberto exerceu o ofício de Vigário Episcopal.

ACOLHIDA

Dom José Roberto recebeu o báculo das mãos do arcebispo de Campinas, dom João Inácio, e foi conduzido pelo arcebispo até a cátedra, símbolo do magistério episcopal e da autoridade eclesiástica. Em seguida, o Bispo foi saudado pelo Vigário-geral da Diocese de Limeira, Padre Júlio Barbado, pelo prefeito de Limeira, Mario Botion, que (representando todas as autoridades civis presentes) e por um leigo da catedral Nossa Senhora das Dores (representado todos os leigos da diocese).

O leigo Antônio Carlos Beccari acolheu o novo Bispo, destacando a alegria  de todos os leigos da diocese e desejando um fecundo ministério episcopal a Dom José Roberto.

CAMINHAR JUNTOS

Na homilia, Dom José Roberto afirmou que está consciente das responsabilidades que cabem a ele a partir da tomada de posse como Bispo da Diocese de Limeira e, também, está ciente do difícil momento pelo qual passa essa Igreja particular, mas que, com a colaboração dos leigos e do clero, unidos como Igreja de Jesus Cristo, retornará e dará continuidade a bela história de quase 44 anos.

O Bispo também destacou que “as adversidades serão superadas com fé, serenidade, paciência, prudência, perseverança e transparência”. Disse ter a certeza de que será muito feliz na Diocese, pois confia na graça de Deus e ressaltou que será o Bispo de todos e que espera atender a todos com a mesma solicitude e atenção, próximo de todos. “Inspiro-me na teologia da proximidade, desenvolvida pelo Papa Francisco em uma das suas homilias na Casa Santa Marta. Segundo Francisco, os bispos devem ser capazes de sentir o palpitar de suas comunidades, de seus padres e leigos. E para isso, é preciso estar próximo do povo, junto ao povo”, disse.

Dom José Roberto enfatizou, ainda, que “quanto mais próximo de Deus, o Bispo é mais próximo e servidor do povo”.

Por fim, o Bispo citou um conselho do Papa Francisco aos consagrados: “Levar uma vida simples é testemunhar que Jesus nos basta. Não precisamos de outras coisas para preencher nosso coração. Não precisamos de bens, de honra, de poder e de ostentação. O Cristo preenche o nosso coração”.

Na conclusão da celebração, Dom José Roberto voltou-se para a imagem de Nossa Senhora das Dores, fez uma oração e ofereceu flores à padroeira da Diocese de Limeira, confiando a ela todo o seu ministério, unido ao presbitério diocesano.

COMPROMISSO

Em entrevista coletiva concedida antes da celebração, Dom José Roberto afirmou que presente conhecer toda a Diocese de Limeira no decorrer de 2020, trabalhando em comunhão com o clero e com os leigos e devendo observar e escutar a todos.

O Bispo também ressaltou que, durante seu ministério na Diocese, se empenhará na aplicação das diretrizes do Papa Francisco para a proteção de menores e de pessoas vulneráveis e que fará o que estiver ao seu alcance para que a Diocese prime pelo respeito a todas as pessoas e a todos os fiéis.

Ao final do pronunciamento, Dom José Roberto falou sobre o foco pastoral da diocese de Limeira nos próximos anos, onde, em comunhão com Igreja em todo Brasil, será trabalhado na diocese as “Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil”, documento resultado da assembleia Geral da CNBB de 2018.

(Com informações de Pascom Diocese de Limeira)

LEIA TAMBÉM: 

Dom José Roberto se despede da Arquidiocese de São Paulo

 

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.