NACIONAL

Pelo Brasil

Declaração do Imposto de Renda 2019

Por Nayá Fernandes
18 de março de 2019

Programa IRPF-2019 permite a importação de vários dados da Declaração de Ajuste Anual do IRPF-2018

As regras para o Imposto de Renda 2019 foram divulgadas no Diário Oficial no dia 22 de fevereiro. A declaração é obrigatória para quem teve rendimentos superiores a R$ 28.559,70 e começou a ser realizada na quinta-feira, 7, e vai até 30 de abril.

Para auxiliar o processo de preenchimento dos campos da Declaração de 2019, o programa IRPF-2019 permite a importação de vários dados da Declaração de Ajuste Anual do IRPF-2018.

Em 2019, há novas regras na Declaração, entre elas a obrigatoriedade de incluir o CPF de todos os dependentes do declarante, de todas as idades. O Fisco solicitará, obrigatoriamente, mais informações sobre os bens dos contribuintes, como endereço, número de matrícula, IPTU e data da aquisição de imóveis. O número do Renavam de veículos também será obrigatório.

A declaração poderá ser entregue pelo Programa Gerador de Declaração (PGD), disponível no site da Receita Federal; de forma on-line, na página do próprio Fisco, e por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”, disponível para tablets e smartphones.

Assim como no ano passado, a tabela do Imposto de Renda não será atualizada este ano, segundo informações divulgadas pelo governo em 2018. A não correção implica trabalhadores pagando mais impostos, caso seus salários não sejam corrigidos pela inflação.

Fontes: Agência Brasil e Correio Brasiliense
 

LEIA TAMBÉM: Caixa aumenta valor de imóveis financiados pelo ‘Minha Casa Minha Vida’

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.