SÃO PAULO

Abas primárias

NO DIA 11

Comissão do 40º Prêmio Vladimir Herzog se reúne para escolher vencedores

Por Redação
10 de outubro de 2018

Esta edição contou com 607 trabalhos inscritos e aceitos para análise do corpo de jurados

Divulgação

Na quinta-feira, 11, a Comissão Organizadora do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos se reunirá em sessão pública para escolher as matérias vencedoras de sua 40ª edição. Assim como nos anos anteriores, o julgamento será realizado na Câmara Municipal de São Paulo. A lista dos finalistas foi divulgada, no dia 1º.

O propósito da premiação é reconhecer e homenagear, anualmente, jornalistas que, com seu trabalho, contribuem para a promoção dos direitos humanos e da democracia e se destacam na defesa desses valores fundamentais.

LISTA DOS FINALISTAS

A sessão está marcada para começar às 10h, na sala Tiradentes (8º andar), com transmissão ao vivo pela internet. Esta edição contou com 607 trabalhos inscritos e aceitos para análise do corpo de jurados nas categorias artes, fotografia, áudio, vídeo, texto e multimídia.

Tradicionalmente, o julgamento é dividido em duas fases: A primeira de seleção, que neste ano contou com a participação de 33 jurados, representantes de quase todos os estados do país. A segunda fase de premiação, formada por dirigentes das treze entidades organizadoras do prêmio, que avaliam os trabalhos finalistas e elegem os vencedores e as menções honrosas.

SOLENIDADE DE ENTREGA

A solenidade de entrega do Prêmio será no dia 25, quinta-feira, às 20h, no Tucarena, Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), localizado na Rua Monte Alegre, 1.024, no bairro de Perdizes, em São Paulo, precedida da Roda de Conversa com os jornalistas premiados para a troca de experiências acerca do planejamento e execução das matérias vencedoras.

O 40º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos é promovido e organizado pelas seguintes instituições: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ); Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI); Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil (UNIC Rio); Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP); Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom); Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Nacional); Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo, coletivo Periferia em Movimento, Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo e Instituto Vladimir Herzo.

 

(Com informações de Instituto Vladimir Herzog)

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.