INTERNACIONAL

IRMÃ DULCE

Canonização de Irmã Dulce será no dia 13 de outubro

Por José Ferreira Filho
03 de julho de 2019

será canonizada no Vaticano, durante o Sínodo para a Amazônia
 

Durante o Consistório Ordinário Público, realizado na manhã da segunda-feira, dia 1º, na Sala Clementina, o Papa Francisco anunciou que a Irmã Dulce Lopes Pontes, juntamente com outros quatro beatos, será canonizada no Vaticano, no dia 13 de outubro, durante o Sínodo para a Amazônia.


Irmã Dulce, a primeira mulher brasileira que se tornará santa, nasceu e viveu em Salvador (BA), cidade em que desenvolveu seu trabalho social em favor dos pobres e desassistidos. Dom Murilo Krieger, Arcebispo de Salvador, afirmou que a canonização “será uma ocasião de encorajamento a todos para buscar a santidade. Irmã Dulce veio nos dizer que cada época tem seus santos, mas todos têm em comum o amor a Deus, o amor ao próximo e a dedicação, especialmente aos preferidos de Jesus, os mais pequeninos”.


O Arcebispo adiantou, ainda, as missas que estão sendo preparadas por ocasião do reconhecimento de Irmã Dulce como Santa: “Dia 13 de outubro, vamos participar da missa presidida pelo Papa Francisco. No dia 14, haverá uma missa na Igreja de Santo Antônio dos Portugueses, em Roma, em ação de graças pelo dom que Salvador, a Bahia e o Brasil estão recebendo. No dia 20, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador, vamos presidir a missa em honra daquela que já estará nos altares”.
 

Fonte: Vatican News
 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.