INTERNACIONAL

SUDÃO DO SUL

Bispos: ‘Tratado de paz deve falhar’

Por Redação
07 de março de 2019

Os bispos explicam que os políticos continuam a trabalhar pela guerra

Reprodução da internet

Um tratado de paz entre o governo e opositores do regime deve falhar porque os problemas básicos não foram tratados. É o que dizem os bispos que se reuniram entre terça, 26, e quinta, 28 de fevereiro. “Tememos que esse acordo de paz é fatalmente falho em si mesmo e não pode trazer a paz verdadeira; tememos também que a liderança atual não tem a disposição necessária para implementar a paz”, afirmaram os bispos.

Os bispos explicam que os políticos continuam a trabalhar pela guerra, e as ações de paz, previstas no acordo, não têm sido implementadas. “As partes não estão criando as condições sustentáveis para a paz que impediriam o desencadear ou retorno do conflito violento mais uma vez”, declararam.

Os bispos também denunciaram as duras condições de vida da população civil no País, desolado pela guerra civil: “O valor da vida humana foi esquecido e os abusos contra os direitos humanos continuam com impunidade, incluindo assassinatos, estupros e violências sexuais desenfreadas, pilhagem e ocupação de terras e propriedades civis”.

Para promover a paz, os bispos propuseram 17 medidas e afirmaram poder participar dos esforços pela paz promovendo o diálogo entre as partes, assegurando que a Igreja “continuará a usar a sua rede de pregação, ensino e pastoral para criar uma atmosfera que conduza à paz e à reconciliação”.

Fonte: CNA

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.