NACIONAL

CIMI

Aumenta a violência contra os povos indígenas no Brasil

Por Redação
10 de outubro de 2017

Conclusão está em estudo feito pelo Conselho Indigenista Missionário

Reprodução da Internet

Aumentou a violência contra povos indígenas no Brasil. Essa é a conclusão das análises feitas pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), a partir de dados coletados em 2016 e compilados no relatório “Violência Contra Povos Indígenas do Brasil”.

De acordo com o relatório, os homicídios aumentaram de 54, em 2015, para 56, no ano seguinte. Em relação ao suicídio, em 2016 foram 106 casos, 19 a mais que no ano anterior, com crescimento significativo na região do Alto Solimões.

ONU cobra ações do Brasil para a proteção de indígenas na Amazônia

Já sobre a mortalidade infantil, os dados são mais alarmantes: foram 136 casos a mais, passando de 599 para 735 mortes de crianças de 0 a 5 anos, sendo grande parte dos casos verificados no povo yanomami.

O estudo aponta para quatro categorias de violências: Contra o patrimônio, contra a pessoa, por omissão do poder público e contra populações em isolamento voluntário.

CLIQUE AQUI E ACESSE AS INFORMAÇÕES DO ESTUDO

(Com informações de Agência Brasil)

NA RÁDIO 9 DE JULHO

Acompanhe os boletins jornalísticos diários, às 11h e às14h.

Ouça em AM 1.600 kHz – em toda a Grande São Paulo

Acesse em: www.radio9dejulho.com.br

CLIQUE AQUI, BAIXE O APLICATIVO E OUÇA EM SEU CELULAR

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.