INTERNACIONAL

MEXICO

Atentado em bar deixa 26 mortos

Por Gustavo Catania Ramos
06 de setembro de 2019

Atentado reforça a violência no país: no primeiro semestre foram mais de 17 mil homicídios

Em 26 de agosto, um ataque a um bar deixou 26 mortos e 11 feridos na cidade portuária de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz, México. A imprensa local atribuiu os ataques ao grupo de criminosos El Caballo Blanco. O grupo incendiou o bar e impediu que as pessoas pudessem sair do local. 


O atentado ocorreu à noite, por volta das 22h, e começou com a entrada de vários criminosos armados, que abriram fogo e jogaram coquetéis molotov.  O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, aventou a hipótese de o crime ter sido comandado por Ricardo “N”, preso em julho e libertado dois dias antes do atentado. Ele é o chefe operativo do Cartel Jalisco Nueva Generación.


Dom Rutilo Muñoz Zamora, Bispo de Coatzacoalcos, lamentou o massacre em comunicado publicado na quinta-feira, 29 de agosto. O Prelado conclamou os criminosos a abandonarem as “trevas cheias do mal que só causam dor, morte e tristeza”.


O Bispo lembrou, ainda, que “a violência que atenta contra a vida humana é sempre condenável e se deve buscar superá-la sempre preservando o estado de direito e pelos canais institucionais”.


“A todos os fiéis crentes e pessoas de boa vontade, convido a continuar pedindo a Deus, por meio da campanha de oração e do compromisso de nossa vida, pela superação da injustiça e da violência [...] Que possamos continuar promovendo as estratégias e os meios para recuperar a cultura da vida e a justiça social”, finalizou o Bispo.


O estado de Veracruz é um dos mais violentos do País. Em relatório do Secretariado Executivo do Sistema Nacional de Segurança Pública do México, o estado figurou como o nono em número de homicídios dolosos no país no mês de julho. Entre janeiro e julho deste, registraram-se 1.550 homicídios no estado, uma média de sete homicídios por dia. 


De acordo com o jornal mexicano El Universal, o primeiro semestre de 2019 foi o mais violento já registrado em todo o país, com 17.065 homicídios. 
 

Fontes: ACI Digital/ O Globo

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.