NACIONAL

História

Arquivo Nacional exibe documentos originais sobre a escravidão no Brasil

Por José Ferreira Filho
10 de mai de 2018

A intenção é aproveitar o aniversário de 130 anos da Lei Áurea  e faz parte das comemorações as 18 decadas do Arquivo 

Tomaz Silva/Agência Brasil

O Arquivo Nacional, sediado na Praça da República, na cidade do Rio de Janeiro, exibe uma exposição em comemoração aos 130 anos da abolição da escravatura. A mostra reúne 40 reproduções de documentos da época, além de originais de outros 20 documentos, na sua maioria dos séculos XVIII e XIX, desde recibos de venda de escravos a relatórios de chegada de navios negreiros com lista de passageiros com informações da região africana de procedência e nações da qual faziam parte. Há ainda as primeiras leis pré-abolicionistas, documentos que mostram a resistência dos negros e o seu cotidiano, e até mesmo a Lei Áurea, promulgada pela Princesa Isabel no dia 13 de maio de 1888. 

Segundo Thiago Mourelle, supervisor do Setor de Pesquisas do Arquivo Nacional, a intenção é aproveitar o aniversário de 130 anos desse acontecimento histórico para chamar a atenção do público para a barbárie que foi a escravidão no Brasil. Ele aponta como um dos documentos de destaque uma lista de compras que inclui escravos entre alfaces e tomates. “A pessoa era vista como um objeto”, destacou Mourelle. 

A mostra faz parte das comemorações aos 180 anos de existência do Arquivo Nacional e ficará aberta até o dia 12 de maio. No entanto, poderá ser estendida por mais um período a depender do interesse do público.

Fonte: Agência Brasil 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.