SÃO PAULO

300 anos de Aparecida

Arquidiocese ganha Santuário de Nossa Senhora Aparecida

Por Fernando Geronazzo
13 de outubro de 2017

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Ipiranga, elevada a santuario arquidiocesano, tem sua história estreitamente ligada com o Santuário Nacional de Aparecida e ao IV Congresso Eucarístico Nacional, em 1942

Fotos: Luciney Martins/O SÃO PAULO

Por ocasião das celebrações do tricentenário do encontro da imagem da Padroeira do Brasil, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, elevou a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Ipiranga, na zona Sul da Capital Paulista, à categoria de santuário arquidiocesano. Na quinta-feira, 12, às 16h, Dom Odilo presidirá uma missa solene para marcar a elevação do novo Santuário. 

A história da Paróquia está estreitamente ligada com o Santuário Nacional de Aparecida, quando a Arquidiocese de São Paulo recebeu uma imagem peregrina da Padroeira para a realização do IV Congresso Eucarístico Nacional, em 1942. Em seguida, o então Arcebispo Metropolitano, Dom José Gaspar d’Afonseca e Silva, decidiu erguer uma igreja para abrigar a imagem. 

Leia o decreto de aprovação da elevação da paróquia 

No decreto de aprovação do Santuário, Dom Odilo destaca que “o Santuário possui um grande valor simbólico e a piedade popular, verdadeira ação missionária espontânea do povo de Deus, encontra nele um espaço privilegiado para sua manifestação”. 

“Determinamos que nesse Santuário, para fortalecer a fé e a piedade do povo, sejam divulgadas e promovidas a Palavra de Deus, a fé católica, a vida litúrgica, principalmente por meio da celebração da Eucaristia (cânon 1234§1) e a devoção a Nossa Senhora Aparecida. Seja propiciado aos fiéis o encontro com a misericórdia de Deus através do Sacramento da Penitência, com confessores disponíveis para os penitentes (cânon 1234§1)”, continua o decreto. 

O Pároco, Padre Anísio Hilário, afirmou que ele e os paroquianos receberam a notícia com muita alegria e conscientes da responsabilidade que lhes foi confiada de acolher os inúmeros peregrinos que visitarão o novo santuário. 

 

Casa da Padroeira do Brasil há 75 anos

Por ocasião do IV Congresso Eucarístico Nacional, em 1942, o então Arcebispo de São Paulo, Dom José Gaspar d’Afonseca e Silva, elegeu Nossa Senhora Aparecida como a primeira peregrina do Congresso. Uma réplica da imagem da Padroeira do Brasil veio de Aparecida (SP) e foi triunfalmente recebida na Praça da Sé.  A mesma imagem acompanhou todas as celebrações do Congresso realizado entre os dias 4 e 7 de setembro daquele ano. 

Após o Congresso, em 13 de setembro, a imagem foi levada em procissão até a Várzea do Ipiranga, onde Dom José Gaspar abençoou a pedra fundamental da futura igreja dedicada a Nossa Senhora Aparecida. 

Em 19 de setembro, foi criada oficialmente a nova paróquia, tendo como primeiro Pároco o Padre Mário Marques e Serra. 

Foram realizadas campanhas, rifas, festas para a arrecadação de recursos para que a obra do templo não ficasse parada. Campanhas do tijolo, do livro de ouro, entre outras, ainda são lembradas pelos moradores mais antigos do bairro. 

Em outubro de 1949, a nova igreja, ainda em construção, recebeu sua primeira celebração eucarística. A nave central do templo foi inaugurada em 1955, e em 1960 levou-se a imagem da Padroeira para a matriz-paroquial. 

Nos anos 1970, os sinos da torre começam a ser içados, obra que só teria encerramento na administração do segundo Pároco, Cônego Cosmo Maestri. A torre foi concluída em 1991. 

Em 2012, aos 81 anos, Cônego Cosmo foi sucedido pelo atual Pároco, Padre Anísio Hilário. 

 

Informações

Santuário Nossa Senhora Aparecida

Endereço: Rua Labatut, 781, Ipiranga
Telefone: (11) 2063-4654
E-mail: atendimento@aparecidaipiranga. com.br
 
Missas:
Segunda a sexta-feira: 19h30
Terça a sexta-feira: 7h30
Sábado: 16h
Domingo: 7h, 8h30, 10h e 18h.
 
Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.