SÃO PAULO

300 ANOS

Arquidiocese festeja o tricentenário de Nossa Senhora Aparecida

Por Daniel Gomes
12 de outubro de 2017

Missa campal no Largo Santa Ifigênia e procissão pelas ruas do centro marcaram o dia 12 de outubro na Capital Paulista

Luciney Martins/O SÀO PAULO

A devoção a Nossa Senhora Aparecida levou centenas de fiéis ao Largo Santa Ifigênia na manhã desta quinta-feira, 12, para festejar o tricentenário do encontro da imagem da Padroeira do Brasil, em missa campal presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano.

A imagem de Nossa Senhora Aparecida chegou ao largo às 9h15, trazida em carreata, após ter percorrido 11 cidades paulistas, por meio do projeto Tietê Esperança Aparecida, que, desde 2004, tem o propósito de alertar para a responsabilidade comum pelo zelo do rio Tietê. Na chegada à Capital Paulista, na manhã de hoje, a imagem peregrina foi acolhida pelo Cardeal no Mosteiro da Luz e depois por devotos na Ponte do Piqueri, na zona Noroeste da cidade.

Dom Odilo, na homilia, enfatizou que Nossa Senhora Aparecida intercede pelo povo brasileiro e pela Igreja, e que sempre a súplica a Ela dirigida chega a Deus. “Não podemos imaginar a Igreja sem a Mãe de Jesus. Quem recorre à Mãe de Jesus está com Ele”, disse, comentando, ainda, que Maria, como catequista e evangelizadora, intercede por todos e ajuda a seguir no caminho que leva a Cristo.

O Cardeal lamentou, de modo enfático, os recentes episódios em que imagens de Nossa Senhora e de santos tenham sido profanadas, especialmente nas situações consideradas como arte. “A profanação ofende a Deus e às pessoas que creem, não podemos aceitar”, comentou, criticando, também, situações em que o desrespeito envolve o uso de crianças por pessoas adultas. Nesse sentindo, exortou aos pais: “Não terceirizem seus filhos! Vocês são os primeiros educadores deles”.

Após a comunhão, o Arcebispo rezou para que pela intercessão da Padroeira do Brasil sejam superadas toda a corrupção e as demais chagas morais que afetam o País.

Ao final da missa, Dom Odilo anunciou a criação do Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora Aparecida, na Igreja Nossa Senhora Aparecida no bairro do Ipiranga, ato que será oficializado com missa ainda na tarde desta quinta-feira, neste templo localizado na rua Labatut, 781, na zona Sul da cidade.

Procissão

A festa dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida seguiu após a missa com uma procissão com a imagem, que partiu do Largo Santa Ifigênia até o Vale do Anhangabaú. Durante o trajeto, marcado por cânticos e orações marianas, houve uma parada no Mosteiro de São Bento para uma prece pelos religiosos.

Quase duas horas e meia após o início da missa e, ainda sob o sol forte, as atividades foram concluídas no Vale do Anhangabaú, com a reza do Ato de Consagração a Nossa Senhora Aparecida, consagrando a Arquidiocese à Padroeira do Brasil. O Arcebispo também pediu à Virgem Maria que interceda pelo bom êxito do sínodo arquidiocesano. 

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA PRÓXIMA EDIÇÃO DO O SÃO PAULO

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.