SÃO PAULO

São Paulo Apóstolo

Arquidiocese de São Paulo festeja padroeiro e aniversário da cidade

Por Fernando Geronazzo
31 de janeiro de 2019

Na celebração da Festa da Conversão de São Paulo, na Catedral da Sé, também foram comemorados os 465 anos de fundação da capital paulista. 

(Fotos: Luciney Martins)

A Arquidiocese de São Paulo celebrou solenemente seu padroeiro na sexta-feira, 25, Festa da Conversão de São Paulo Apóstolo. Na Catedral da Sé, houve uma missa solene presidida por Dom Sergio de Deus Borges, Bispo Auxiliar de São Paulo na Região Santana, representando o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, que estava participando da Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, com o Papa Francisco.

Nesta data, em que a cidade de São Paulo festeja seu 465º aniversário, também foram comemorados os 65 anos de inauguração da Catedral da Sé. Participaram da Eucaristia autoridades civis e militares, dentre as quais, o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o Coronel Marcelo Vieira Sales, Comandante-Geral da Polícia Militar, que representou o governador do Estado de São Paulo, João Doria. Também participaram representantes de diferentes tradições religiosas.

 

ENCONTRO TRANSFORMADOR

Na homilia, Dom Sergio refletiu sobre a narrativa bíblica da conversão do Apóstolo São Paulo no caminho para Damasco. Recordando uma catequese do Papa Emérito Bento XVI, o Bispo destacou que o leitor talvez seja tentado a se deter em alguns pormenores do texto, como a luz do céu, a queda por terra, a voz que chama, a perda da visão e sua cura. “Todos esses pormenores se referem ao centro do acontecimento: Cristo Ressuscitado mostra-se como uma luz maravilhosa e fala a Saulo, transforma o seu pensamento e a sua própria vida”, ressaltou Dom Sergio.

 

INTERCESSOR

Dom Sergio confiou à intercessão de São Paulo “todos aqueles que, com a sua oração e o seu compromisso, se prodigalizam por construir um ambiente mais humano e fraterno na cidade de São Paulo”.

Embora, às vezes, possamos ter a impressão de que o caminho seja muito longo e cheio de obstáculos, convido todos a renovar a própria determinação na busca, com coragem e generosidade, perante as grandes problemáticas que afligem o nosso mundo, seguindo o exemplo de São Paulo, que, diante de dificuldades de todos os tipos, conservou sempre firme a confiança no Deus que completa a sua obra”, acrescentou o Bispo.

 

RENOVAR ESPERANÇAS

No início da celebração, o Prefeito Bruno Covas fez um pronunciamento por ocasião do aniversário da capital paulista: “Que neste dia em que a cidade de São Paulo completa 465 anos, possamos renovar as nossas esperanças em uma cidade melhor, mais justa, com melhores políticas públicas para que nossa população seja cada vez mais feliz e igual”.

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

Após a missa, houve um concerto com a Orquestra do Grupo Pão de Açúcar, seguido da 13ª edição do Brunch da Catedral, que homenageou as influências italiana e japonesa na cultura e culinária paulistanas.

 

HOMENAGEM AOS FUNDADORES

Antes da missa na Sé, no dia 25, houve um ato cívico no Pateo do Collegio, com a presença de autoridades civis e eclesiásticas, durante o qual foram depositadas flores no marco em homenagem aos fundadores da capital paulista.

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.