SÃO PAULO

CONHEÇA OS VENCEDORES

Arquidiocese anuncia os contemplados com a Medalha São Paulo Apóstolo 2019

Por Daniel Gomes
12 de agosto de 2019

Cerimônia de entrega da Medalha às oito pessoas e três instituições contempladas será em 4 de setembro 

Luciney Martins/O SÃO PAULO

A Comissão Julgadora da Medalha São Paulo Apóstolo anunciou nesta sexta-feira, 9, o nome das oito pessoas e três instituições que receberão a Medalha na edição deste ano.

A lista de contemplados, conforme a categoria, é composta por: Walter Barelli (Testemunho Laical), Cônego José Miguel de Oliveira (Serviço Sacerdotal), Sueli Maria de Camargo (Ação Caritativa e de Promoção Humana), Padre Moisés Roberto Facchini (Ação Missionária), Vanderlei Ferrais de Araújo (Inovação na Metodologia Pastoral), José Renato Nalini (Educação Cristã), Padre João Solak (Defesa e Promoção da Vida e da Dignidade Humanas), Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa de São Paulo - ADCE-SP (Cultura), Pia Sociedade Filhas de São Paulo – Revista Família Cristã (Comunicação Social) e Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP (Serviço Social). A medalha também será conferida em menção honrosa ao senhor Adilson José Santos Carvalhal.

A MEDALHA

Instituída em 2015, no contexto das comemorações dos 270 anos de criação da Diocese de São Paulo, a Medalha traz, numa face, a efígie de São Paulo Apóstolo, Patrono da Arquidiocese; na outra face, a vista frontal da Catedral Metropolitana de São Paulo.

No decreto de instituição da medalha, o Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, ressalta que “todos os batizados foram constituídos como povo de Deus e são participantes do múnus sacerdotal, profético e régio do próprio Cristo” e acrescentou que a homenagem também é um “incentivo para que floresça mais abundantemente a vida eclesial e pastoral nesta Cidade imensa”.

CERIMÔNIA DE ENTREGA

A cerimônia de entrega da Medalha será realizada no dia 4 de setembro, às 20h, no Auditório São Paulo Apóstolo (das Paulinas), localizado na Rua Dona Inácia Uchoa, 62, nas proximidades das estações Vila Mariana e Ana Rosa do Metrô.

A Medalha deverá ser recebida pessoalmente pelos agraciados; em casos justificados, poderá ser recebida por pessoa legitimamente delegada para tal, desde que comunicado com antecedência e por escrito à Comissão Julgadora da Medalha São Paulo.

SAIBA MAIS SOBRE OS VENCEDORES

PESSOAS

Testemunho Laical

Walter Barelli (in memorian)

O economista, falecido em 18 de julho de 2019, uma semana antes de completar 81 anos, teve uma vida de fé e fidelidade missionária, seja na Juventude Universitária Católica (JUC), na Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo e em outras instituições católicas. Por 23 anos, conduziu o Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos (Dieese). Foi ainda Ministro do Trabalho (1992-1994) e Secretário do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo (1995-2002) e deputado federal por São Paulo (2003-2007), sempre comprometido e engajado com uma fé esclarecida e prática equilibrada no diálogo, amor, humildade e atenção especial pelos menos favorecidos.

Serviço Sacerdotal

Cônego José Miguel de Oliveira

Nascido em Várzea Alegre (CE), transferiu-se ainda jovem para o Paraná, antes de mudar-se para a cidade de São Paulo, onde ingressou no seminário, sendo ordenado padre em 1981. Atuou como Pároco em seis paróquias da Região Episcopal Belém e como formador em todas as etapas do processo de formação dos presbíteros da Arquidiocese de São Paulo. Hoje, às vésperas de completar 76 anos, é Pároco da Paróquia Natividade do Senhor e Vigário Episcopal Adjunto da Região Belém, além de integrar o Conselho de Consultores da Arquidiocese e o Cabido Metropolitano. Zelo e dedicação em tudo que faz, equilíbrio no relacionamento interpessoal e a capacidade de encorajar as pessoas são suas principais virtudes.

Ação Caritativa e de Promoção Humana

Sueli Maria de Camargo

A advogada e assistente social, ela dedica-se à Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo desde 1989, articulando projetos em favor de crianças e adolescentes em situação de risco social, estando sempre disposta a ajudar e solucionar casos de abandono, violência, entre outros, testemunho de vida que já a levou a eleita como representante da sociedade civil no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Casada e mãe de três, Sueli, hoje com 61 anos, está sempre envolvida na organização dos principais eventos da Arquidiocese, como as celebrações de Corpus Christi, Pentecostes, DNJ e a Missão de Férias dos Seminaristas.

Ação Missionária

Padre Moisés Roberto Facchini

Nascido em Santa Catarina, o padre Missionário da Consolata já esteve em missão na África e no Estado da Bahia. Há sete anos, atua como Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Consolata, na Região Episcopal Santana, onde ao chegar passou a impulsionar a prática das visitas domiciliares aos paroquianos, tendo como resultado a chegada ou retorno de muitos fiéis à comunidade paroquial, além da maior procura das pessoas pelos sacramentos. Aos 72 anos, o Sacerdote é exemplo do carisma dos Missionários da Consolata: o amor à Eucaristia, a devoção a Maria, a obediência à Igreja e ao Papa, o espírito de família e a estima e amor ao trabalho.

Inovação na Metodologia Pastoral

Vanderlei Ferrais de Araújo

Casado, pai de um filho, ele é membro da Comunidade Instrumento de Deus, na Região Episcopal Santana, que tem como missão “Ser voz de Deus no deserto das vidas”. Ao apresentar os propósitos da missão a Dom Sergio de Deus Borges, o jovem amadureceu a ideia de fazer algo em atenção aos adolescentes e jovens internos da Fundação Casa. O passo seguinte foi o de formar uma equipe de iniciação cristã para atuar na Fundação Casa. O método de ação de integrar a necessidade de apoio socioeconômico-educativo à luz da vivência da fé e do encontro pessoal com Jesus teve sua excelência reconhecida pela Fundação Casa e hoje essa ação pastoral acontece em diferentes unidades.

Educação Cristã

José Renato Nalini

O magistrado, hoje com 73 anos, presidiu o Tribunal de Justiça de São Paulo (2014 –2015). Como desembargador, sempre incentivou a celebração da Páscoa Forense. Após se aposentar, aceitou o convite do então governador Geraldo Alckmin para ser Secretário Estadual da Educação (2016 – 2018). Neste período, promoveu uma mobilização da sociedade civil no projeto “Adoção Afetiva” de escolas da rede estadual. Também procurou aproximar os agentes da Pastoral da Educação das escolas da rede estadual, e manteve contato com os bispos e sacerdotes do Regional Sul 1 da CNBB, alertando para a urgência de uma ação pastoral da Igreja junto ao setor educacional.

Defesa e Promoção da Vida e da Dignidade Humanas

Padre João Solak

Nascido na Polônia, o sacerdote da Congregação Ressurecionista chegou ao Brasil em 1978, para atuar na Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz, na cidade de São Paulo, onde permaneceu até 1992, dando início a um projeto voltado a crianças e adolescentes, com atividades como aulas de religião, reforço escolar, aprendizado técnico e atividades culturais. Em 1988, após a doação de um terreno, foi construído um prédio que recebeu o nome de Abrigo Reviver, que hoje atende 40 crianças e jovens. Ao longo dos anos, muitos tiveram o primeiro contato com a fé e buscaram os sacramentos. Atualmente, Padre João Solak é Pároco da igreja matriz de Itatiaia, no Rio de Janeiro, e sempre visita a instituição.

 

INSTITUIÇÕES

Cultura

Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa de São Paulo (ADCE-SP)

É uma entidade sem fins lucrativos que congrega empresários, dirigentes e empreendedores cristãos, com o propósito de estudar, difundir e aplicar na atividade econômica os princípios do ensinamento social cristão, pela formação dos empreendedores e lideranças empresariais. A ADCE é filiada à União Internacional de Cristã de Dirigentes de Empresa (UNIPAC) e existe desde 1961, quando um grupo de empresários, juntamente com padres do Colégio Santa Cruz, fundaram a ADCE-SP. Atualmente, o principal programa nacional da ADCE é o Empresa com Valores, conduzido em parceria com a CNBB, que visa a promoção do conhecimento e disseminação dos valores da Doutrina Social da Igreja no meio empresarial.

Comunicação Social

Pia Sociedade Filhas de São Paulo – Revista Família Cristã

A congregação das Irmãs Paulinas, como é mais conhecidas, nasceu de um sonho e inspiração de Deus ao bem-aventurado Tiago Alberione, em 1915, na Itália, com a missão de anunciar Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida e seu Evangelho com os meios de comunicação. Em 1934, foi criada a revista, que desde então é publicada mensalmente, sendo uma fonte de formação para a família brasileira, com conteúdos formativos e informativos sobre temas familiares, políticos e culturais, sempre abordados em conformidade com a perspectiva dos ensinamentos da Igreja. Este veículo jornalístico cristão chega em 2019 a sua edição de número 1.000, coroando seus 85 anos de história.

Serviço Social

Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP)

Presta serviços de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto a 371 municípios do Estado de São Paulo, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das 28 milhões de pessoas atendidas. Seu compromisso com o meio ambiente também é expresso nas iniciativas para combater o desperdício e a contaminação das águas. Entre outras ações em favor da população está a tarifa social, que em 2018 foi concedida a mais de 435 mil domicílios com famílias de baixa renda (de até três salários mínimos mensais). A Sabesp é apoiadora de eventos promovidos pela Arquidiocese de São Paulo, contribuindo estruturalmente para que a Igreja dissemine os valores do Evangelho.

Menção Honrosa

Adilson José Santos Carvalhal

De família portuguesa, ele nasceu em Itamonte (MG). Nos anos 1940, a família mudou-se para São Paulo e abriu um atacado e varejo de laticínios na Zona Cerealista. O comércio cresceu e levou à abertura da Casa Flora, em 1970, especializada em bebidas, frutas secas, temperos, massas e diversos produtos importados. “Deus é amor” é o lema da empresa, testemunhado concretamente na ajuda que oferece a diversas instituições de caridade e a iniciativas da Igreja. Por anos, Adilson Carvalhal coordenou a Renovação Carismática Católica (RCC), tendo dado início, em 1992, ao evento Alegrai-vos. Hoje, aos 77 anos, coordena o grupo de oração da Paróquia Santa Rita, na Vila Mariana. Exemplo de empresário e pai de família católico, é casado há mais de 55 anos, tem sete filhos e 14 netos.

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.