SÃO PAULO

Missão de Férias

'Aprender a doação, a motivação e o esforço'

Por Redação
18 de julho de 2017

O seminarista Geovane dos Santos, relatou ao O SÃO PAULO como foi sua experiencia em missão

Entre os dias 2 e 9 de julho, os seminaristas da Arquidiocese de São Paulo participaram da “Missão de Férias” nas paróquias e em algumas pastorais arquidiocesanas, como a Pastoral do Menor e do Povo da Rua. Geovane dos Santos, enviou ao jornal O SAO PAULO um relato sobre sua experiência missionária, realizada na Paróquia Santa Terezinha, da Região Episcopal Lapa. Confira:

“No processo, pude aprender que a doação, a motivação e o esforço colocados na missão, serviram para mim como aula vocacional e de experiência primária de pastoral que colocarei em prática. No âmbito do missionário, aprendi que a formação sacerdotal leva o candidato a presbítero a ter convicção, fé e espírito missionário em sua caminhada. Com simplicidade juntamente com os companheiros de missão, pude tentar aproximar a realidade da família e da igreja, entre jovens e pessoas da terceira idade não esquecendo também das crianças, buscando aproximar diversidades. A Paróquia tem, nas suas proximidades, os índios Tupi Guarani, cultura indígena participante da paróquia e a nossa missão pôde ser incentivo para que continuem nessa caminhada missionária. A missão foi teve, na minha formação, um impacto que mostra a qual realidade o sacerdote enfrentará ao longo de sua vida missionária dentro de seu ministério. Com as emoções vividas e sentidas, histórias ouvidas, situações compartilhadas e dores observadas, a missão faz com que nos tornemos sensíveis a olhar para o próximo trazendo consigo a reflexão evangélica na qual Jesus nos convida a participar da vida missionária sacerdotal e diria ainda mais "vocacional" de viver a doação no sentido completo do humano que o cristão deve ser.”

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.