VATICANO

Papa Francisco

Ajuda humanitária a Moçambique, Malawi e Zimbábue

Por Filipe Domingues/ Especial O SÃO PAULO
28 de março de 2019

O Papa expressou sua dor e “confia as vítimas e famílias à misericórdia de Deus”

ONU

O Papa Francisco doou 150 mil euros (R$ 660 mil) a Moçambique, Zimbábue e Malawi, três países africanos duramente atingidos pelo ciclone Idai. Regiões foram devastadas e o número de mortos pode chegar aos milhares. Há pelo menos 1 milhão de pessoas desabrigadas, feridas ou que passam fome.

De acordo com o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, por meio do qual foi enviada a doação, a cidade de Beira, em Moçambique, foi arrasada pelo ciclone, que comprometeu redes hídricas, elétricas e sanitárias.

O Papa expressou sua dor e “confia as vítimas e famílias à misericórdia de Deus”. Diversas instituições da Igreja precisam de dinheiro para a reconstrução dos lugares, entre elas a Cáritas e a Fazenda da Esperança, que recebem doações em seus sites ou por depósitos bancários.

 

LEIA TAMBÉM: Papa assina carta para os jovens: ‘Cristo vive’

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.