INTERNACIONAL

Paquistão

Adolescente é espancado até a morte por não se converter ao Islã

Por Filipe David
10 de setembro de 2017

O jovem foi agredido e humilhado por colegas de classe muçulmanos, em razão de sua fé cristã

Agencia Fides

Sharon Masih era um adolescente de 15 anos que estudava numa escola de ensino médio em Burewala, ao sul de Pendjab. Ele vinha sendo maltratado por colegas de classe muçulmanos em razão de sua fé cristã. Por diversas vezes, Sharon foi agredido e humilhado. Cansado, ele desejava mudar de escola. Em 30 de agosto, seus colegas o impediram de passar e, por meio de diversos atos de intimidação e agressão, exigiram que ele abandonasse sua fé e se convertesse ao Islã. Sharon se negou a obedecer a seus colegas e foi espancado até a morte.

Fonte: Fides

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.