INTERNACIONAL

Mundo

A ação da Igreja em prol dos leprosos

Por Filipe David
05 de fevereiro de 2019

A Igreja sempre assistiu os leprosos, que são frequentemente abandonados até mesmo por suas famílias

Reprodução da Internet

No domingo, 27, foi comemorada a 66ª Jornada Mundial dos Leprosos. Segundo as estatísticas de seu mais recente anuário estatístico, a Igreja Católica gera 610 leprosários no mundo, a maioria deles na Ásia. Os países onde a presença da Igreja é mais intensa nessa área são a Índia (243 leprosários) e a Indonésia (63 leprosários).

A Igreja sempre assistiu os leprosos, que são frequentemente abandonados até mesmo por suas famílias, provendolhes não apenas o atendimento médico adequado e o auxílio espiritual de que todos os homens precisam, mas também a chance de serem reinseridos na sociedade. A gravidade da doença e as mutilações que ela provoca quando não é tratada a tempo fazem com que, em muitos países, os doentes sejam discriminados e marginalizados. Em todo o mundo, 80% dos casos de lepra estão concentrados em três países: Índia, Brasil e Indonésia.

Fonte: Fides

 

LEIA TAMBÉM: Catedral abriga manifestantes e é cercada pelo exército

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.