INTERNACIONAL

Ajuda à Igreja que Sofre

40 Anos BÍBLIA DA CRIANÇA

Por Fundação Pontifícia ACN
30 de agosto de 2019

Todos os dias, a ACN recebe novas encomendas e pedidos vindos do mundo inteiro

Em 1979, São João Paulo II estava presente na Conferência Episcopal Latino-Americana de Puebla, no México, e se alegrou durante a primeira apresentação da Bíblia da Criança; o Papa Bento XVI, em visita ao Brasil, entregou, nas mãos de uma criança, o exemplar que representa o número de 10 milhões de exemplares da Bíblia da Criança em Português do Brasil; e o Papa Francisco já havia solicitado milhares de exemplares da Bíblia da Criança, quando era Arcebispo de Buenos Aires, na Argentina.


Agora, depois de 40 anos, existem 51.188.209 exemplares em 191 línguas (dados de junho de 2019). E isso não é o fim. Todos os dias, a ACN recebe novas encomendas e pedidos vindos do mundo inteiro: de paróquias, dioceses e ordens religiosas pobres demais para pagar pelo seu próprio material catequético. Por exemplo, a ACN enviou, para as sete dioceses do Paquistão, 80 mil exemplares em língua Urdu; para a Igreja Greco-Católica na Ucrânia foram enviados 50 mil exemplares com ilustrações de ícones; também a Diocese de Tarahumara, no norte do México, recebeu 10 mil exemplares. A Bíblia da Criança não evangeliza somente as crianças, mas também seus pais, que em muitas realidades acompanham seus filhos no estudo bíblico. 


Além dos pedidos, a ACN recebe todos os dias cartas de agradecimento. Para muitas crianças de países pobres, como Moçambique – País que recentemente foi tão flagelado por catástrofes naturais – esse é o único livro que elas têm. Não se pode imaginar, escreve o Padre Ottorino, qual é o efeito que um livrinho desses suscita no coração das pessoas. Dieudonné, do Togo, tem 13 anos e agradece com estas palavras: “Todas as palavras de Jesus nos fazem pensar e nos dão um sentido para a vida”. Muitos se emocionam: para o pequeno Mikel, da Albânia, “isso que fizeram com Jesus é muito triste”. E de presidiários brasileiros, recebemos essas linhas: “Estou preso na cadeia porque assassinei uma pessoa. Tenho Aids. Só Deus sabe de mim. Eu não sei o que vai ser da minha vida, mas uma coisa é certa: esta pequena Bíblia vai me ajudar”.


Não se conhece todos os frutos produzidos nem se pode prever os que ainda serão colhidos no futuro pelas 51 milhões de sementes sob a forma da Bíblia da Criança. Esse livro traz em si uma bênção especial desde que o Padre Werenfried assinalou seu início, no Ano da Criança, em 1979, com estas palavras: “As crianças precisam de algo como uma Bíblia da Criança, para que a imagem de Cristo se torne viva nelas”. A semente brotou nos corações das crianças e não para de florescer, graças à generosidade de milhares de benfeitores. 


Preencha você também o cupom abaixo, envie-o gratuitamente e faça parte desta maravilhosa obra de Deus que é a ACN. Informações sobre como apoiar esses e outros projetos, pelo telefone 0800-770-9527.

Tags: 
Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.